Cevada | variedades

Variedades

  • Scarlett – Origem alemã, com características de rusticidade, adequada a situações de sequeiro. Em regadio deve ter-se especial cuidado com a densidade de sementeira, pois o excesso de biomassa estrutural aumenta o risco de acama.[12]
  • Prestige - Variedade referência em termos de qualidade tecnológica, porém a elevada susceptibilidade às principais doenças tornam a sua produção pouco competitiva quando comparada com outras variedades, pois é necessário realizar tratamentos com fungicidas.[12]
  • Pewter – Variedade com resistência à doenças, isto aliado a uma estatura da planta mais baixa que Scarlett, tornam esta variedade particularmente adequada para situações de regadio.[12]
  • Braemar – Pertencente ao grupo de novas variedades com elevado peso do grão, por isso, evidenciando, bom rendimento à calibragem mesmo em condições de sequeiro. Variedade de palha relativamente alta, susceptível à acama.[12]
  • BRS 180, desenvolvida pela Embrapa, uma cevada de seis fileiras, adaptada às condições do cerrado brasileiro, cuja peculiaridade é ser resistente ao excesso de nitrogênio ( que aumenta o índice de proteína do cereal e o torna inadequado para a indústria malteira).[13]