Albergaria-a-Velha | turismo

Turismo

Rota dos Moinhos

O concelho de Albergaria-a-Velha foi sempre, ao longo da história, uma terra de inúmeros moinhos de água. Embora existam em todo o concelho, é ao longo do Rio Caima que temos as unidades de maior expressão e importância, uma vez que o seu caudal mais estável permitia uma laboração permanente. Também no Rio Fílveda e no Rio Jardim, nas ribeiras de Albergaria-a-Velha, Fontão, Frias, Fial e Mouquim e nas inúmeras cargas e valas de todas as freguesias, se encontram vestígios ou registos de 356 moinhos, sendo até à data o concelho na Europa com o maior número de moinhos de água devidamente documentados. Estes moinhos foram edificados sobretudo nos séculos XVIII e XIX, com recursos a materiais de construção locais e serviam essencialmente para moagem de milho e de trigo, tendo sido também usados para o descasque do arroz produzido na região do Baixo Vouga. [11][12]

Monte da Sra. do Socorro

O monte da Senhora do Socorro, a antiga Pedra de Águia a que se refere a Carta do Couto de Osselôa, um é local de peregrinação de terras próximas e afastadas. Dali se desfruta um panorama deslumbrante, para a Serra e para o Mar. A Capela do Santuário da Sra. do Socorro situa-se numa elevação conhecida como Bico do Monte, a 2 km do centro da cidade. A construção do templo data de 1857 e surge em cumprimento de uma promessa feita a Nossa Senhora para acabar com o flagelo da cólera-morbus que grassou a região em 1855. O cruzeiro de granito de Nossa Senhora do Socorro que se encontra a poucos metros da capela remonta ao século XVII e situava-se originalmente na entrada sul de Albergaria-a-Velha. Apresenta a seguinte inscrição: "Aqui começa a Albergaria da Rainha D. Teresa".[13]

Pateira de Frossos

Localizada a Sudoeste do Concelho de Albergaria­-a-Velha, em pleno Baixo Vouga Lagunar, a Pateira de Frossos apresenta uma biodiversidade típica do sistema lagunar da Ria de Aveiro, que se sustenta na complexidade geográfica e hidrográfica da sua rede de canais. Como habitat de aves migradoras, a Pateira de Frossos destaca-se pela sua diversidade e valor ecológico, sendo um local privilegiado para a prática de observação de aves, desportos associados à natureza tais como o BTT, canoagem, percursos pedestres e percursos equestres.[14]