ZFS

Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido (desde novembro de 2017). e colabore com a tradução.
ZFS
DesenvolvedorOracle Corporation
Nome completoZFS
LançamentoNovembro de 2005 (OpenSolaris)
Estruturas
Conteúdos de diretórioTabela de Hash Extensível
Limites
Tamanho Máximo de arquivo264 bytes (16 EiB)
Número máximo de arquivosPor diretório: 248
Por sistema de arquivos: ilimitado
Tamanho máximo do nome de arquivo255 caracteres ASCII (menor em codificações de caracteres multibyte como o Unicode)
Tamanho máximo do volume256 quatrilhões de zebibytes (2128 bytes)
Recursos
BifurcaçõesSim (chamado Atributos estendidos)
AtributosPOSIX
Permissões de sistema de arquivosPOSIX, NFSv4 ACLs
Compressão transparenteSim
Criptografia transparenteSim
Armazenamento de caso únicoNão
Sistemas operativos suportadosSolaris, OpenSolaris, distribuições illumos, OpenIndiana, FreeBSD, macOS Server 10.5 (suporte somente leitura), NetBSD, Linux através de módulo do kernel externo ou ZFS-FUSE, OSv
Portal das Tecnologias de informação

O ZFS é um sistema de arquivos e gerenciador de volumes lógicos combinados projetado pela Sun Microsystems. Os recursos do ZFS incluem proteção contra corrupção de dados, suporte para altas capacidades de armazenamento, compactação de dados eficiente, integração dos conceitos de sistema de arquivos e gerenciamento de volume, instantâneos e clones de cópia em gravação, verificação de integridade contínua e reparo automático, RAID-Z e ACLs NFSv4 nativas.

O nome ZFS está registrado como marca registrada da Oracle Corporation; embora tenha sido dado brevemente o nome expandido "Zettabyte File System", este já não é mais considerado um inicialismo. Originalmente, o ZFS era um software proprietário de código fechado desenvolvido internamente pela Sun como parte do Solaris, com uma equipe liderada pelo CTO da unidade de negócios de armazenamento da Sun, Jeff Bonwick. Em 2005, a maior parte do Solaris, incluindo o ZFS, foi licenciada como software de código aberto sob a Licença de Desenvolvimento e Distribuição Comum (CDDL), como o projeto OpenSolaris. O ZFS tornou-se um recurso padrão do Solaris 10 em junho de 2006.

Em 2010, a Oracle interrompeu a liberação do código-fonte para o novo desenvolvimento do OpenSolaris e do ZFS, efetivamente derivando seu desenvolvimento de código fonte fechado a partir do ramo de código fonte aberto. Em resposta, o OpenZFS foi criado como um novo projeto de desenvolvimento de código aberto, visando reunir indivíduos e empresas que usam o sistema de arquivos ZFS de forma aberta.

História

O ZFS foi projetado e implementado por uma equipe na Sun Microsystems (atual Oracle Corporation) liderada por Jeff Bonwick, Bill Moore[1] e Matthew Ahrens. Foi anunciado em 14 de setembro de 2004,[2] mas o desenvolvimento começou em 2001.[3] O código-fonte do ZFS foi integrado no tronco principal do desenvolvimento do Solaris em 31 de outubro de 2005 e lançado como parte da compilação 27 do OpenSolaris em 16 de novembro de 2005. A Sun anunciou que o ZFS foi incluído na atualização 6/06 do Solaris 10 em junho de 2006, um ano após a abertura da comunidade OpenSolaris.[4]

O nome até certo momento significava "Zettabyte File System", mas em 2006 já não era considerado uma abreviatura.[5] Um sistema de arquivos ZFS pode armazenar até 256 quadrilhões de zettabytes (ZB).

Em setembro de 2007, a NetApp processou a Sun alegando que o ZFS infringiu algumas das patentes da NetApp do sistema de arquivos Write Anywhere File Layout. A Sun respondeu em juízo em outubro do mesmo ano, alegando o contrário. Os processos judiciais foram encerrados em 2010 com um acordo judicial não divulgado.[6]