X86

Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2010). Por favor, referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser acadêmico)


O Intel 8086.
Intel Core 2 Duo - Um exemplo de aquitetura x86 compativel com processadores multicore de 64-bit.
AMD Athlon (primeira versão) - outra implementação x86 tecnicamente diferentes, mas totalmente compatível.

Em informática, x86 ou 80x86 é o nome genérico dada à família (arquitetura) de processadores baseados no Intel 8086, da Intel Corporation.

A arquitetura é chamada x86 porque os primeiros processadores desta família eram identificados somente por números terminados com a sequência "86": o 8086, o 80186, o 80286, o 80386 e o 80486. Como não se pode ter uma marca registrada sobre números, a Intel e a maior parte de seus competidores começaram a usar nomes que pudessem ser registrados como marca, como Pentium para as gerações de processadores posteriores, mas a antiga nomenclatura tinha forjado um termo para toda a família.

O termo x86 não é sinônimo de compatibilidade com IBM PC, pois isso sugere uma infinidade de outros hardwares e sistemas embarcados bem como computadores usando chips x86 antes do moderno mercado ser compatível com PC, alguns deles antes mesmo do IBM PC em si.

Houve várias tentativas, dentro da Intel em si, para quebrar o domínio do mercado da arquitetura x86, que descendia diretamente do simples microprocessadores de 8 bits. Exemplos disso são as iAPX 432 (aliás Intel 8800 ), o Intel 960 , Intel 860 e Intel e a arquitetura do Hewlett Packard Itanium. No entanto, o aperfeiçoamento contínuo de 86 micro arquiteturas, circuitos, e fabricação de semicondutores provaria que é difícil substituir x86 em vários segmentos. O 64, da extensão bit da AMD x86 (que a Intel finalmente respondeu, com um design compatível) e a escala de processadores x86, como o eight-core Intel Xeon e 12-core AMD Opteron destaca-se o x86 como um exemplo de contínuo aperfeiçoamento e como as normas estabelecidas pela indústria pode resistir à concorrência das novas arquiteturas.

Cronologia

A tabela abaixo mostra as marcas de processadores e microprocessadores na Hall da Fama, agrupados por gerações que destacam pontos importantes na história do x86. Nota: As gerações de CPU não são rígidas, cada geração é marcada por melhoras significativas ou comercialmente bem sucedidos projetos do processador.

Geração Introduzido inicialmente em Marcas e Modelos de CPU Linear / Espaço de endereço físico Novos recursos
1 1978 Intel 8086, Intel 8088 16-bit / 20-bit (segmentados) Primeiros processadores X86.
2 1982 Intel 80186, Intel 80188, NEC V20/V30 Hardware para cálculos de endereços rápidos.
Intel 80286 16-bit (30-bit virtual) / 24-bit (segmentados) MMU, para o modo protegido e um maior espaço de endereço.
3 (IA-32) 1985 Intel 80386
AMD Am386
32-bit (46-bit virtual) / Conjunto de instruções com 32-bit, MMU com paginação.
4 1989 Intel 486 (SX/DS/DX2)
AMD Am486 (SX/SX2/DX/DX2/DX4)
AMD 5x86 (486 DX5)
Cyrix 486 (SX/DX/DX2/DX4)
Cyrix 5x86 (486DX3 e DX5)
RISC FPU pipelining, cache integrada, on-chip.
5 1993 Intel Pentium Superscalar, 64-bit databus, faster FPU, MMX.
1994 NexGen Nx586 Inicialmente não possuía FPU, foi adicionada em modelos posteriores.
6 1995 Pentium Pro Execução Expeculativa, foi substituído pelo Pentium Xeon.
5 1996 AMD K5, Cyrix 6x86, Rise mP6 como acima / 36-bit Físico (PAE) translação μ-op, PAE Pentium Pro, integrado com cache L2 (Pentium Pro), instrução de movimentação condicional.
6 1997 AMD K6/-2/3, Pentium II/III, IDT/Centaur-C6 cache L3 suportando, 3DNow, SSE.
7 1999 Athlon, Athlon XP superscalar FPU, design wide (até três instruções por ciclo de clock)
2000 Pentium 4 Alta conduta, alta frequencia, SSE2, hyper-threading.
6-M/7-M 2003 Pentium M, VIA C7 (2005), Intel Core (2006) Otimizados para baixo consumo.
8 (x86-64) Athlon 64, Opteron 64-bit / 40-bit Implementação física do primeiro processador AMD. Conjunto de instruções x86-64, controlador de memória on-die, hypertransport.
2004 Pentium 4 Prescott Alta contuta, Altíssima frequencia, SSE], capacidade de 64 bits está disponível somente em soquetes LGA 775.
9 2006 Intel Core 2 baixo consumo, multi-core, menor frequencia de clock, SSE4 (Penryn)
10 2007 AMD Phenom como acima / 48-bit processador físico AMD Phenom monolítica quad-core, 128 FPUs bit, SSE4a, HyperTransport 3 ou QuickPath, controlador de memória nativa, on-die cache L3, design modular.
2008 Intel Core i3, Intel Core i5, Intel Core i7
Intel Atom Altamente canalisado porém com sua potência muito baixa.
VIA Nano Fora de ordem, superescalar, criptografia baseada em hardware, muito baixa energia, gerenciamento de energia adaptativa.
11 2010 Intel Sandy Bridge, AMD Bulldozer SSE5/AVX, design altamente modular.