Vila Nova de Poiares

Vila Nova de Poiares
Brasão de Vila Nova de PoiaresBandeira de Vila Nova de Poiares
Cityhall Vila Nova de Poiares, Portugal.jpg
Paços do Concelho (Câmara Municipal)
Localização de Vila Nova de Poiares
GentílicoPoiarense
Área84,45 km²
População7 281 hab. (2011)
Densidade populacional86,2  hab./km²
N.º de freguesias4
Presidente da
câmara municipal
João Miguel Henriques (PS)
Fundação do município
(ou foral)
1836
Região (NUTS II)Centro (Região das Beiras)
Sub-região (NUTS III)Pinhal Interior Norte
DistritoCoimbra
ProvínciaBeira Litoral
OragoSanto André
Feriado municipal13 de Janeiro (Restauração do Município)
Código postal3350 Vila Nova de Poiares
Sítio oficialwww.cm-vilanovadepoiares.pt
Municípios de Portugal Flag of Portugal.svg

Vila Nova de Poiares é uma vila portuguesa do Distrito de Coimbra, na província da Beira Litoral, região do Centro (Região das Beiras) e sub-região do Pinhal Interior Norte, com cerca de 3 800 habitantes.

É sede de um município com 84,45 km² de área[1] e 7 281 habitantes (2011),[2][3] subdividido em 4 freguesias.[4] O município é limitado a norte por Penacova, a leste por Arganil, a sul pela Lousã, a sudoeste por Miranda do Corvo e a oeste por Coimbra.

História

Ver artigo principal: História de Vila Nova de Poiares


Vila Nova de Poiares é um dos 17 Concelhos do Distrito de Coimbra, inserindo-se na vasta região do Pinhal Interior Norte.

Vila Nova de Poiares está situada na sua maior parte na grande planura entre as serras do Carvalho e Magarrufe, ultrapassando a de S. Pedro Dias pelo Nascente.

Em termos geográficos, o Concelho apresenta uma área, aproximadamente, 100,4 Km2, estendendo-se no sentido poente-nascente, confinando pelo Norte com o Concelho de Penacova, a Sul com Miranda do Corvo e Lousã, a Poente com Coimbra e a Nascente com Arganil e Góis.

A sua distância de Coimbra é de 22 Km tendo como principais acessos a Estrada da Beira (EN 17) e o IP 3 (via rápida que liga as cidades de Coimbra e Viseu).

No que concerne ao seu património histórico, as origens de Poiares remontam à pré-história, como documentam os vestígios que podemos encontrar de um dólmen. Há ainda marcas da influência romana e muçulmana, bem como regisos de lendas (como a de D. Afonso Henriques).

Crê-se também na existência de uma Albergaria, remontando ao tempo de D. Sancho I, e ainda deiversas construções religiosas pertencentes ao Mosteiro de Lorvão, Mosteiro de Santa Cruz e Universidade de Coimbra.

O concelho de Vila Nova de Poiares, não tendo sido um município medieval, esteve sob a jurisdição de Mosteiros e da Universidade de Coimbra, que aqui possuíam diversos foros.

O Concelho nasceu em 1836, tendo sido suprido por duas vezes. Foi restaurado definitivamente a 13 de Janeiro de 1898, data em que ainda hoje se comemora o Feriado Municipal.

Elevado à categoria de Vila em 1905, manteve-se económica e socialmente estagnado até à Revolução dos Cravos. Hoje, Poiares assume-se cada vez mais como um concelho moderno, com índices de crescimento que o têm guindado a patamares de desenvolvimento verdadeiramente ímpares, tanto a nível regional como nacional.


Vila Nova de Poiares pertence ao bispado e distrito administrativo de Coimbra. Poiarense é o nome atribuído aos habitantes de Poiares e tem como feriado municipal o 13 de Janeiro, dia da Restauração do Município. O seu santo padroeiro é Santo André. Vila Nova de Poiares também é conhecida como a Capital Universal da Chanfana.