Tocantins
English: Tocantins

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Tocantins (desambiguação).
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Tonantins.
Estado do Tocantins
Bandeira do Tocantins
Brasão do Tocantins
BandeiraBrasão
Lema: Co yvy ore retama
"Este solo é a nossa terra" [1]
Hino: Hino do Tocantins
Gentílico: tocantinense

Localização do Tocantins no Brasil

Localização
 - RegiãoNorte
 - Estados limítrofesGoiás (S), Mato Grosso (O e SO), Pará (O e NO), Maranhão (N, NE e L), Piauí (L) e Bahia (L e SE)
 - Regiões geográficas intermediárias3
 - Regiões geográficas imediatas11
 - Municípios139
Capital Palmas
Governo
 - Governador(a)Mauro Carlesse (DEM)
 - Vice-governador(a)Wanderlei Barbosa (PHS)
 - Deputados federais8
 - Deputados estaduais24
 - SenadoresIrajá Abreu (PSD)
Kátia Abreu (PDT)
Siqueira Campos (DEM)
Área
 - Total277 620,914 km² (10º) [2]
População2019
 - Estimativa1 572 866 hab. (24º)[3]
 - Densidade5,67 hab./km² (23º)
Economia2016[4]
 - PIBR$ 31.576 bilhões (24º)
 - PIB per capitaR$ 20.598,73 (15º)
Indicadores2010/2016[5][6]
 - Esper. de vida (2017)73,7 anos (18º)
 - Mort. infantil (2017)15,3‰ nasc. (14º)
 - Alfabetização (2016)89,6% (17º)
 - IDH (2017)0,743 (13º) – alto [7]
Fuso horárioUTC−03:00
ClimaTropical seco e tropical úmido Aw, Am
Cód. ISO 3166-2BR-TO
Site governamentalhttp://portal.to.gov.br/

Mapa do Tocantins

Tocantins (pronúncia em português: /tokɐ̃ˈtʃɪ̃s/) é uma das 27 unidades federativas do Brasil, sendo o seu mais novo estado.[8] Está localizado a sudeste da Região Norte e tem como limites Goiás a sul, Mato Grosso a oeste e sudoeste, Pará a oeste e noroeste, Maranhão a norte, nordeste e leste, Piauí a leste e Bahia a leste e sudeste. Sua capital é a cidade planejada de Palmas que, dentre as capitais estaduais brasileiras, é a menos populosa. Na bandeira nacional e no selo nacional do Brasil, o Tocantins é representado pela estrela Adhara (ε Canis Majoris).

Ocupa uma área de 277 720,520 km², pouco maior que o Equador e a Nova Zelândia, sendo a décima maior unidade federativa em área territorial no Brasil. Com mais de 1,550 milhão de habitantes, é o quarto estado mais populoso da Região Norte e o vigésimo quarto mais populoso do Brasil. Apenas dois de seus municípios possuem população acima de 100 mil habitantes: Palmas, a capital e sua maior cidade com quase 290 mil habitantes em 2017, e Araguaína, com cerca de 175 mil habitantes. Tocantins possui um dos mais baixos índices de densidade demográfica no país, superior apenas ao dos estados de Roraima, Amazonas, Mato Grosso e Acre. Conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, em 2017 a densidade demográfica equivale a 5,58 habitantes por quilômetro quadrado.[9]

Além de Palmas e Araguaína, outras cidades importantes no estado são Gurupi, Porto Nacional e Paraíso do Tocantins. Juntos, estes cinco municípios abrigavam, em 2015, cerca de 42,22 por cento da população total do estado.[10] O relevo apresenta chapadas ao centro, ao sul e ao leste, a Serra Geral a sudeste, a Serra das Traíras (ou das Palmas) ao sul, e a planície do Araguaia, com a Ilha do Bananal, nas regiões norte, oeste e sudoeste. São importantes o Rio Tocantins (incluindo o Rio Maranhão), o Rio Araguaia, o Rio Javaés, o Rio do Sono, o Rio das Balsas, o Rio Manuel Alves e o rio Paranã. O clima é tropical. Veja lista de rios do Tocantins.

A economia tocantinense se baseia no comércio, na agricultura (arroz, milho, feijão, soja, melancia), na pecuária e em criações. No setor terciário suas principais atividades estão concentradas em Palmas e também nos municípios que estão localizados às margens da Rodovia Belém-Brasília, principal via de ligação da capital federal com a parte norte do Brasil. Possui o terceiro maior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e o quarto maior PIB per capita entre todos os estados do Norte do Brasil. A Serra das Traíras, localizada no município de Paranã e na divisa com Goiás, é o ponto mais elevado no estado, com 1.340 metros de altitude.[11]

Etimologia

O nome "Tocantins" é uma referência ao rio Tocantins, que corta o estado de sul ao norte. Trata-se de um termo oriundo do tupi antigo, onde significa "bicos de tucanos", através da junção dos termos tukana ("tucanos") e tim ("bicos"). O nome do rio, por sua vez, é uma referência à tribo indígena que habitava a região na época da chegada dos primeiros colonizadores portugueses.[12]