Tanzânia
English: Tanzania

United Republic of Tanzania (inglês)
Jamhuri ya Muungano wa Tanzania (suaíli)

República Unida da Tanzânia
Bandeira da Tanzânia
Brasão de armas da Tanzânia
BandeiraBrasão de armas
Lema: "Uhuru na Umoja" ("Liberdade e Unidade")
Hino nacional: Mungu ibariki Afrika
Deus abençoe a África
Gentílico: tanzaniano(a)[1]

Localização República Unida da Tanzânia

CapitalDodoma
Cidade mais populosaDar es Salaam
Língua oficialSuaíli (de facto)
Inglês [2]
GovernoRepública federal
 - PresidenteJohn Magufuli
 - Primeiro-ministroKassim Majaliwa
Independênciado Reino Unido 
 - Tanganica9 de dezembro de 1961 
 - Zanzibar10 de dezembro de 1963 
 - Unificação26 de abril de 1964 
Área 
 - Total945.087 km² (30.º)
 - Água (%)6,2
 FronteiraUganda, Quênia (N), Moçambique, Malawi, Zâmbia (S), República Democrática do Congo, Burundi, e Ruanda (W)
População 
 - Estimativa para 201652,482,726[3] hab. (32.º)
 - Densidade38 hab./km² (138.º)
PIB (base PPC)Estimativa de 2018
 - TotalUS$ 176,465 bilhões (84.º)
 - Per capitaUS$ 3,456 (156.º)
IDH (2017)0,538 (154.º) – baixo[4]
Gini (2000)34,6[5]
MoedaXelim tanzaniano (TZS)
Fuso horário(UTC+3)
 - Verão (DST)não observado (UTC+3)
ClimaTropical e semiárido
Org. internacionaisONU, UA, SADC, G20, Comunidade das Nações
Cód. ISOTZA
Cód. Internet.tz
Cód. telef.+255
Website governamentalhttp://www.tanzania.go.tz/

Mapa República Unida da Tanzânia

A Tanzânia[6] ou Tanzania[7][8] (em suaíli, Tanzania), oficialmente República Unida da Tanzânia (em suaíli, Jamhuri ya Muungano wa Tanzania)[9] é um país da África Oriental, limitado a norte pelo Uganda e pelo Quénia, a leste pelo Oceano Índico, a sul por Moçambique, pelo Malaui e pela Zâmbia, e a oeste pelo Burúndi, por Ruanda e pela República Democrática do Congo (fronteira exclusivamente lacustre, através do lago Tanganica). Ademais de sua parte continental, a Tanzânia inclui o arquipélago de Zanzibar, no Oceano Índico.

A República Unida da Tanzânia é um estado unitário composto por 26 regiões.[10] O atual chefe de estado é o presidente John Pombe Joseph Magufuli, eleito em 2015. A capital é Dodoma, sede oficial do governo e do parlamento.[11] Entre a independência e 1996, Dar es Salaam, a maior cidade do país, foi a capital, e continua sendo a principal cidade e o local de facto da maioria das instituições governamentais.[10][12]

O nome Tanzânia é um portmanteau de "Tanganica" e "Zanzibar". Os dois estados foram unidos em 1964, formando a República Unida de Tanganica e Zanzibar, que posteriormente no mesmo ano foi renomeado para o atual nome.[10]

A Tanzânia é montanhosa e densamente florestada no nordeste, onde o Monte Kilimanjaro está localizado. Três dos Grandes Lagos da África estão parcialmente dentro da Tanzânia. Ao norte e ao oeste estão o Lago Vitória, o maior lago da África, e o Lago Tanganica, o lago mais profundo do continente, conhecido por suas espécies únicas de peixes. A costa oriental é quente e úmida, com o arquipélago de Zanzibar ao largo. As quedas de Kalambo, localizadas no rio Kalambo, na fronteira com a Zâmbia, são a segunda maior cachoeira ininterrupta da África. A Área de Conservação da Baía de Menai é a maior área marinha protegida de Zanzibar.

Mais de 100 línguas diferentes são faladas na Tanzânia, tornando-se o país com maior diversidade lingüística na África Oriental. O país não tem uma língua oficial de jure, embora a língua nacional é o suaíli. O suaíli é usado no parlamento, nos tribunais inferiores e como meio de instrução na escola primária. O inglês é usado no comércio exterior, na diplomacia, nos tribunais superiores e como meio de instrução no ensino secundário e superior, embora o governo da Tanzânia esteja planejando descontinuar o inglês como uma língua de instrução.[13] Aproximadamente 10% dos tanzanianos falam o suaíli como primeira língua e até 90% falam como segunda língua.

História

Ver artigo principal: História da Tanzânia

A Tanzânia é o lar de alguns dos mais antigos assentamentos humanos, com fósseis dos primeiros seres humanos, encontrados próximos da Garganta de Olduvai, no norte da Tanzânia, uma área muitas vezes referida como "o berço da Humanidade". Estes incluem ossos fósseis de Paranthropus que se pensa ter mais de 2 milhões de anos, e as pegadas mais antigas conhecidas.

A Tanzânia foi uma colônia alemã desde a década de 1880 até 1919. Foi colônia britânica entre 1919 e 1961. Pouco depois da independência, Tanganica e Zanzibar fundiram-se para criar a nação da Tanzânia, a 26 de Abril de 1964. O regime de partido único chegou ao fim em 1995, ano em que se realizaram as primeiras eleições democráticas no país desde a década de 1970.