Tajiquistão
English: Tajikistan

Ҷумҳурии Тоҷикистон
República do Tadjiquistão
Bandeira do Tajiquistão
Brasão de armas do Tajiquistão
BandeiraBrasão de Armas
Lema: não possui
Hino nacional: "Surudi Milli" ("Hino Nacional")
Gentílico: tajique, tadjique, tajiquistanês(a), tadjiquistanês (a) [1]

Localização do República do Tajiquistão

Capital68° 48' E
Cidade mais populosaDuchambe
Língua oficialTadjique
GovernoRepública semipresidencialista
 - PresidenteEmomali Rakhmov
 - Primeiro-ministroKokhir Rasulzoda
 - Presidente do Supremo TribunalAzizbek Gaforov
Independênciada União Soviética 
 - Estabelecimento do Império Samânido875 
 - Declarada9 de setembro de 1991 
 - Reconhecimento25 de dezembro de 1991 
Área 
 - Total143.100 km² (94.º)
 - Água (%)1,8
 FronteiraQuirguistão (N), RP China (E), Afeganistão (S), e Uzbequistão (W)
População 
 - Estimativa para 20199 275 827 hab. (96.º)
 - Censo 20006 127 000 hab. 
 - Densidade48,6 hab./km² (155.º)
PIB (base PPC)Estimativa de 2018
 - TotalUS$ 30,547 bilhões (132.º)
 - Per capitaUS$ 3 354 (187.º)
IDH (2017)0,650 (127.º) – médio[2]
Gini (2004)33,59[3]
MoedaSomoni (TSO)
Fuso horário(UTC+5)
 - Verão (DST)não observado (UTC+5)
ClimaSemiárido
Org. internacionaisFlag of the United Nations.svg ONU, Flag of the CIS.svg CEI, ECO, Flag of OIC.svg OCI, Commonwealth of Independent States Eurasian Economic Community.svg CEEA, SCO Map.png OCX
Cód. ISO762 / TJK / TJ
Cód. Internet.tj
Cód. telef.+992
Website governamentalprezident.tj

Mapa do República do Tajiquistão

O Tajiquistão[4][5][6][7][8] ou Tadjiquistão[9][10][11][12][13] (em tajique: Тоҷикистон, translit.: Tojikiston, pronunciado: [tɔd͡ʒikɪsˈtɔn]), oficialmente República do Tadjiquistão (em tajique: Ҷумҳурии Тоҷикистон, translit.: Jumhuriyi Tojikiston), é um montanhoso país encravado na Ásia Central. O país faz fronteira com o Afeganistão ao sul, com o Usbequistão ao oeste, Quirguistão ao norte, e a República Popular da China ao leste. O Tajiquistão também se encontra junto ao Paquistão, mas é separado pelo estreito Corredor de Wakhan.

A maioria da população do Tajiquistão pertence ao grupo étnico tajique, que partilha sua cultura e história com o Afeganistão e falam o idioma persa (oficialmente denominado como idioma Tajique ou idioma Tajiquistanês). Uma vez parte do império Samânido, o Tajiquistão tornou-se uma república constituinte da União Soviética durante o século XX, conhecida como a República Socialista Soviética Tajique (RSS Tajique). 90% do território é coberto por montanhas.

Após sua independência, o Tajiquistão sofreu uma devastadora guerra civil, que durou de 1992 a 1997. Desde o fim da guerra, a recém-criada estabilidade política e ajuda externa permitiu à economia do país crescer. O comércio de commodities, como o algodão e o fio de alumínio, contribuíram largamente para este aprimoramento constante. No Tajiquistão cerca de 20% da população vive com menos de US$ 1,25 por dia.[14]

Etimologia

Tajiquistão significa a "Terra dos Tajiques". Alguns acreditam que o nome Tajique é uma referência geográfica para a coroa (taj) da Cordilheira Pamir, mas esta é uma etimologia popular. A palavra tajique foi utilizada para diferenciar os tajiques dos turcos na Ásia Central, começando no início do século X. A adição do 'que' pode ter sido feita para efeito de eufonia na frase Turk-o Tajik ("Turcos e Tajiques") a qual nas histórias da língua persa é encontrado como uma expressão idiomática que significa "todos".

O Tajiquistão frequentemente aparece grafado como Tadjiquistão ou, em inglês, Tadzhikistan, transliterado do russo Таджикистан (em russo, o fonema /d​͡ʒ/ é representado como дж, i.e., dzh ou dj.) Tadzhikistan é a grafia alternativa mais comum e é largamente utilizada na literatura inglesa, derivada de fontes russas. Tadjikistan é a grafia em francês e é frequentemente encontrada em textos de língua portuguesa.

Controvérsias cercam o termo correto utilizado para identificar pessoas do Tajiquistão. A palavra Tajique tem sido o termo tradicional utilizado para descrever pessoas do Tajiquistão e aparece amplamente na literatura. Porém, a política étnica da Ásia Central, fez da palavra Tajique uma palavra controversa, já que implica que o Tajiquistão é uma nação só para a etnia tajique e não para os uzbeques, russos, etc. Da mesma forma, certas pessoas da etnia tajique vivem em outros países, como a República Popular da China, o Uzbequistão e o Afeganistão, tornando o termo ambíguo. Além disso, elementos da população Pamiri, que vivem na região Gorno-Badakhshan, têm, por vezes, procurado criar uma identidade étnica separada da dos Tajiques.