Salonica
English: Thessaloniki

Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou se(c)ção:
Grécia Salonica

  • Θεσσαλονίκη
  • Thessaloniki

  • Tessalónica
  • Tessalônica

 
  Município  
Vista aérea da zona do porto de Salonica
Vista aérea da zona do porto de Salonica
Bandeira de Salonica
Bandeira
Salonica está localizado em: Grécia
Salonica
Localização de Salonica na Grécia
Coordenadas40° 39' N 22° 54' E
RegiãoMacedónia Central
Unidade regionalSalonica
Fundação315 a.C. (2 333 anos)
FundadorCassandro
Administração
- PrefeitoGiannis Boutaris (2011, ind.)
Área
- Município19,31 km²
 - Urbana111.703 km²
 - Metro1455.62 km²
Altitude20 m
Altitude mínima0 m
População (2011) [1]
 - Total325 182
    • Densidade16 840,1 hab./km²
 - Urbana788 952
    • Densidade urbana7 062,9 hab./km²
 - Metrópole1 104 460
    • Densidade metro758,8 hab./km²
Código postal53x xx, 54x xx, 55x xx, 56x xx
Prefixo telefónico2310
Websitewww.thessaloniki.gr
Muralhas bizantinas

Salonica,[2] também conhecida como Tessalónica (pt) ou Tessalônica (pt-BR) (em grego: Θεσσαλονίκη; transl.: Thessaloníki; "vitória sobre os tessálios") é a segunda maior cidade da Grécia e a principal cidade da região grega da Macedônia. Em 2011, a população, a área metropolitana tinha era 1 104 460, dos quais 788 952 na cidade propriamente dita e 325 182 no município.[1]

O nome Salonica, antigamente mais comum e usado em vários idiomas europeus, deriva da variante Σαλονίκη (Saloníki) em grego popular. Outras denominações historicamente importantes incluem سلانيك, em turco otomano, e Selânik, em turco moderno; Солун (Solun), nas línguas eslavas da região; Sãrunã em arromeno; Selanik em ladino.

O orago santo padroeiro da cidade é São Demétrio de Salonica e o seu santuário, a Igreja de São Demétrio (Hagios Demetrios), está classificado como Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO.

História

A cidade foi construída por determinação de Cassandro, em 315 a.C., que lhe deu o nome da sua esposa, Tessalônica, meia-irmã de Alexandre Magno. Esta fora assim chamada por seu pai, Filipe II da Macedônia, por ter nascido no mesmo dia da vitória (νίκη, níkē, em grego antigo) dos macedônios sobre os tessálios.[3]

Foi a capital de um dos quatro distritos romanos da Macedônia, governada pelo pretor Fabiano, a partir de 146 a.C. Em 388, a cidade foi palco do Massacre de Salonica, quando, por ordem do imperador Teodósio (r. 378–395), 7 000 pessoas foram chacinadas por se revoltarem contra o general Buterico e outras autoridades romanas.

O cristianismo na cidade

Na sua segunda viagem missionária, São Paulo pregou na sua sinagoga, lançando as bases de uma das mais marcantes igrejas da época, e destinou-lhe duas das suas epístolas. A animosidade contra Paulo, por parte dos judeus da cidade, levou-o a fugir para Bereia. Posteriormente, escreveu a Primeira Epístola aos Tessalonicenses e a Segunda Epístola aos Tessalonicenses.