Ronald Reagan

Disambig grey.svg Nota: "Reagan" é redirecionado para esta página. Para outros significados, veja Reagan (desambiguação)
Ronald Reagan
40.º Presidente dos Estados Unidos
Período20 de janeiro de 1981
a 20 de janeiro de 1989
Vice-presidenteGeorge H. W. Bush
AntecessorJimmy Carter
SucessorGeorge H. W. Bush
33.º Governador da Califórnia
Período2 de janeiro de 1967
a 6 de janeiro de 1975
Vice-governadorRobert Finch (1967–1969)
Edwin Reinecke (1969–1974)
John L. Harmer (1974–1975)
AntecessorPat Brown
SucessorJerry Brown
Dados pessoais
Nome completoRonald Wilson Reagan
Nascimento6 de fevereiro de 1911
Tampico, Illinois,
Estados Unidos
Morte5 de junho de 2004 (93 anos)
Los Angeles, Califórnia,
Estados Unidos
Nacionalidadenorte-americano
ProgenitoresMãe: Nelle Wilson
Pai: John Edward Reagan
Alma materEureka College
EsposasJane Wyman (1940–1949)
Nancy Davis (1952–2004)
FilhosMaureen Reagan
Christine Reagan
Michael Reagan (adotado)
Patti Reagan
Ron Reagan
PartidoRepublicano (1962–2004)
Democrata (antes de 1962)
ReligiãoCristianismo (Presbiterianismo)
ProfissãoAtor e político
AssinaturaAssinatura de Ronald Reagan
Serviço militar
Serviço/ramoExército dos Estados Unidos
Forças Aéreas do Exército dos Estados Unidos
Anos de serviço1937–1945
GraduaçãoUS-O3 insignia.svg Capitão
Unidade18.ª Unidade Base das Forças Aéreas do Exército

Ronald Wilson Reagan (Tampico, 6 de fevereiro de 1911Los Angeles, 5 de junho de 2004) foi um ator e político norte-americano, o 40.º presidente dos Estados Unidos e o 33.º governador da Califórnia. Nascido e criado em pequenas cidades de Illinois, formou-se em economia e sociologia no Eureka College e em seguida trabalhou como radialista esportivo. Mudou-se para Hollywood em 1937, onde trabalhou como ator por quase três décadas, tornou-se presidente da Screen Actors Guild (SAG) e porta-voz da General Electric (GE). Sua carreira política tem suas origens durante seu trabalho para a General Electric. Originalmente membro do Partido Democrata, mudou para o Partido Republicano em 1962, creditando tal atitude a mudanças ideológicas do Partido Democrata durante a década de 1950.

Após realizar o seu famoso discurso em apoio a candidatura de Barry Goldwater à presidência dos Estados Unidos em 1964, tornou-se um fenômeno no Partido Republicano, ganhando forte apoio entre os eleitores do partido e sendo persuadido a candidatar-se ao cargo de governador da Califórnia. Foi eleito para este cargo dois anos depois, em 1966. Como governador, transformou um déficit orçamentário em um excedente, ordenou que tropas da Guarda Nacional atuassem nos protestos do período, e foi reeleito em 1970. Participou das primárias republicanas para a escolha do candidato do partido à presidência em 1968 e 1976, sendo derrotado em ambas as vezes. No entanto, em 1980, foi escolhido como candidato republicano e elegeu-se presidente dos Estados Unidos após derrotar o candidato à reeleição Jimmy Carter.

Na presidência, implementou uma série de iniciativas econômicas e novas políticas. Sua política de recuperação econômica através do estímulo a oferta, popularmente conhecida como "Reaganomics", incluiu medidas de desregulamentação, redução dos gastos governamentais e cortes de impostos. Até o final do governo, a inflação reduziu significativamente, dezesseis milhões de empregos foram criados e o país cresceu a uma taxa média anual de 7,93%, mas a dívida pública quase triplicou. Em seu primeiro mandato, sobreviveu a uma tentativa de assassinato, defendeu a oração nas escolas, enfrentou sindicatos e iniciou uma guerra contra as drogas. Em 1984, foi reeleito com uma vitória esmagadora. Seu segundo mandato foi marcado principalmente por assuntos internacionais, tais como o término da Guerra Fria, o bombardeio da Líbia e a revelação do Caso Irã-Contras. Embora a relação com a União Soviética mudou em seu segundo mandato, descreveu publicamente o país em seu primeiro mandato como um "império do mal" e apoiou movimentos anticomunistas em todo o mundo. Negociou com o líder soviético Mikhail Gorbachev, culminando no Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário e na diminuição dos arsenais nucleares de ambos os países. Durante seu famoso discurso no Portão de Brandemburgo, desafiou Gorbachev a "derrubar este muro!". Logo após o fim de seu mandato, o Muro de Berlim foi derrubado e a União Soviética entrou em colapso logo depois.

Reagan deixou a presidência no início de 1989, sendo sucedido por George H. W. Bush, seu vice-presidente. Em 1994, revelou que estava sofrendo da doença de Alzheimer e apareceu em público pela última vez no funeral de Richard Nixon, em abril daquele ano. Morreu dez anos depois, aos 93 anos de idade. Considerado um ícone entre os republicanos, ocupa um lugar de destaque nas classificações históricas dos presidentes dos Estados Unidos, e seu mandato contribuiu para o renascimento ideológico da direita norte-americana.

Primeiros anos, família e educação

A família Reagan em 1914.

Ronald Wilson Reagan nasceu em um apartamento no segundo andar de um edifício comercial de Tampico, Illinois, em 6 de fevereiro de 1911. Era o filho mais novo de Nelle Wilson Reagan (1883-1962) e John Edward "Jack" Reagan (1883-1941).[1] John era um vendedor e contador de histórias, neto de imigrantes católicos irlandeses do condado de Tipperary, Irlanda,[2] enquanto Nelle tinha ascendência inglesa e escocesa (a avó materna de Reagan nasceu em Surrey, Inglaterra).[3] Reagan tinha um irmão mais velho, Neil (1908-1996), que fez carreira na indústria de publicidade.[4] Quando era criança, seu pai o apelidou de "Holandês", devido ao formato de tigela de seu cabelo e a sua aparência física; Reagan manteve este apelido durante toda a infância.[5] A família Reagan viveu brevemente em várias cidades de Illinois, incluindo Monmouth, Galesburg, e Chicago até 1919,[6] quando eles voltaram para Tampico e se estabeleceram acima de uma loja chamada H.C. Pitney Variety Store.[7]

Após a loja Pitney fechar no final de 1920, sua família passou a morar em Dixon, Illinois, e o "pequeno universo" do Centro-Oeste teve uma influência duradoura em sua vida.[8][9] Apesar de seu pai ser católico, Reagan, influenciado por sua mãe profundamente religiosa, foi batizado como discípulo de cristo em 1922.[10][11] Estudou na Dixon High School, onde desenvolveu interesse por atuação, esportes, comédia e narração.[12][13] Seu primeiro emprego foi o de salva-vidas em Rock River em 1927. Continuou trabalhando como salva-vidas em Rock River pelos sete anos seguintes, tendo salvo 77 pessoas de afogamento.[14][13] Após o colegial, estudou economia e sociologia na Eureka College, uma faculdade de artes liberais. Como estudante na Eureka, ganhou a reputação de "pau para toda obra" por ter participado de várias atividades, relacionadas a política, esportes e teatro. Ele foi membro da fraternidade Tau Kappa Epsilon, líder de torcida, membro da equipe de futebol, capitão da equipe de natação e presidente do Conselho de Estudantes. Nesta posição, liderou uma revolta contra o presidente da faculdade depois que ele tentou reduzir o financiamento do educandário.[15][16][17]