Richard Nixon
English: Richard Nixon

Disambig grey.svg Nota: ""Nixon"" redireciona para este artigo. Para outros significados, veja Nixon (desambiguação).
Richard Nixon
Retrato oficial.
37.º Presidente dos Estados Unidos
Período20 de janeiro de 1969
até 9 de agosto de 1974
Vice-presidenteSpiro Agnew (1969–1973)
Nenhum (1973)
Gerald Ford (1973–1974)
AntecessorLyndon B. Johnson
SucessorGerald Ford
36.º Vice-presidente dos Estados Unidos
Período20 de janeiro de 1953
até 20 de janeiro de 1961
PresidenteDwight D. Eisenhower
AntecessorAlben W. Barkley
SucessorLyndon B. Johnson
Senador dos Estados Unidos
pela Califórnia
Período1 de dezembro de 1950
até 1 de janeiro de 1953
AntecessorSheridan Downey
SucessorThomas Kuchel
Membro da Câmara dos Representantes pelo 12º distrito da Califórnia
Período3 de janeiro de 1947
a 1 de dezembro de 1950
AntecessorJerry Voorhis
SucessorPatrick J. Hillings
Dados pessoais
Nome completoRichard Milhous Nixon
Nascimento9 de janeiro de 1913
Yorba Linda, Califórnia
Morte22 de abril de 1994 (81 anos)
Nova Iorque, Nova Iorque
ProgenitoresMãe: Hannah Milhous
Pai: Francis A. Nixon
Alma materUniversidade Duke
EsposaPat Ryan (1940–1993)
FilhosTricia Nixon Cox (n.1946)
Julie Nixon Eisenhower (n.1948)
PartidoRepublicano
ReligiãoQuaker
ProfissãoAdvogado
AssinaturaAssinatura de Richard Nixon
Serviço militar
Serviço/ramoMarinha dos Estados Unidos
Reserva da Marinha dos Estados Unidos
Anos de serviço1942–1946 (Marinha)
1946–1966 (Reserva)
GraduaçãoComandante
ConflitosSegunda Guerra Mundial
CondecoraçõesMedalha de Louvor da Marinha e Corpo de Fuzileiros

Richard Milhous Nixon (Yorba Linda, 9 de janeiro de 1913Nova Iorque, 22 de abril de 1994) foi um advogado e político norte-americano que serviu como o 37.º Presidente dos Estados Unidos de 1969 até 1974, quando se tornou o primeiro e único Presidente a renunciar do cargo. Antes disso ele tinha sido membro da Câmara dos Representantes e Senador pelo Estado da Califórnia, além do 36.º Vice-presidente dos Estados Unidos entre 1953 e 1961 sob Dwight D. Eisenhower.

Nixon estudou no Colégio Whittier e depois na Universidade Duke, formando-se em 1937 em direito e retornando para a Califórnia a fim de exercer a advocacia. Ele se casou com Pat Ryan em 1940 e mudou-se para Washington, D.C. com a família dois anos depois para trabalhar no governo federal. Depois disso Nixon serviu na Reserva da Marinha dos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial. Após a guerra foi eleito para a Câmara dos Representantes em 1946 e depois para o Senado em 1950. Sua participação no caso envolvendo Alger Hiss estabeleceu sua reputação como um grande anticomunista e o elevou para a proeminência nacional. Nixon foi escolhido como o companheiro de chapa de Eisenhower na eleição presidencial de 1952, sendo eleito e servindo como Vice-presidente por oito anos. Ele candidatou-se à presidência na eleição de 1960, perdendo por pouco a disputa contra John F. Kennedy. Dois anos depois concorreu a Governador da Califórnia, perdendo outra vez, agora para Pat Brown. Nixon tentou a Presidência novamente em 1968, derrotando Hubert Humphrey.

Nixon acabou com o envolvimento norte-americano na Guerra do Vietnã em 1973 e conseguiu trazer seus prisioneiros de guerra de volta para casa, também sendo capaz de acabar com a convocação militar. Sua visita à China em 1972 abriu as relações diplomáticas entre os dois países, e no mesmo ano conseguiu assinar o Tratado sobre Mísseis Antibalísticos com a União Soviética. Seu governo geralmente transferiu poderes federais aos estados. Ele impôs controles nos salários e preços por um período de noventa dias, forçou a desagregação de escolas sulistas e estabeleceu a Agência de Proteção Ambiental. Nixon também presidiu sobre a aterrissagem da Apollo 11 na Lua, que marcou o fim da corrida espacial. Nixon foi reeleito em 1972 em uma das maiores vitórias na história das eleições presidenciais norte-americanas.

O ano de 1973 viu a crise do petróleo causar o aumento do preço da gasolina nos Estados Unidos, enquanto as revelações sobre o escândalo político do Caso Watergate escalonaram. As acusações de corrupção e revelações sobre seu envolvimento custaram a Nixon boa parte do seu apoio político, com ele finalmente renunciando à Presidência em 9 de agosto de 1974 antes de um processo de impeachment e remoção do cargo quase certos. Seu sucessor na Presidência, Gerald Ford, oficializou um perdão para Nixon no mês seguinte. Nixon escreveu vários livros e realizou diversas viagens pelo exterior, algo que ajudou a reabilitar sua imagem. Ele sofreu um acidente vascular cerebral em 18 de abril de 1994, morrendo aos 81 anos de idade quatro dias depois. Historiadores elogiaram Nixon por suas realizações internas e externas como congressista e presidente, mas afirmaram que o Caso Watergate deixou uma marca negativa permanente em seu legado.

Início de vida

Nixon (segundo da direita) faz sua estréia em um jornal em 1916, contribuindo com cinco centavos para um fundo para os órfãos da guerra. Donald está a esquerda de seu irmão.

Richard Milhous Nixon nasceu em 9 de janeiro de 1913 em Yorba Linda, Califórnia, em uma casa construída por seu pai.[1][2] Seus pais eram Hannah Milhous Nixon (1885–1967) e Francis A. Nixon (1878–1956). Sua mãe era uma Quaker e seu pai converteu-se do Metodismo para a fé Quaker. A educação de Nixon foi marcada pelo cumprimento dos ensinamentos da religião Quaker da época, tais como abster-se de álcool, da dança, e de xingamentos. Nixon tinha quatro irmãos: Harold (1909–33), Donald (1914–87), Arthur (1918–25), e Edward (nascido em 1930).[3] Quatro dos cinco meninos dos Nixon receberam seus nomes devido a reis que haviam governado a Inglaterra histórica ou lendária; Richard, por exemplo, recebeu o nome de Richard I de Inglaterra.[4][5][6]

Os primeiros anos de vida de Nixon foram marcados por dificuldades e, mais tarde, citou uma frase de Eisenhower para descrever sua infância: "Nós éramos pobres, mas a glória era que não o sabíamos."[7] O rancho da família Nixon faliu em 1922, e eles mudaram-se para Whittier, Califórnia. Em uma área com muitos Quakers, Frank Nixon abriu uma mercearia e um posto de gasolina.[8] O irmão mais novo de Richard, Arthur, morreu em 1925, após uma breve doença.[9] Aos doze anos de idade, foi encontrado uma mancha no pulmão de Richard e, com um histórico de tuberculose em sua família, o jovem foi impedido de fazer esportes. Eventualmente, foi descoberto que tratava-se de um tecido cicatricial de um ataque precoce de pneumonia.[10][11]

Educação primária e secundária

O jovem Richard frequentou a Escola Elementária East Whittier, onde foi presidente da classe do oitavo ano.[12] Seus pais acreditavam que ter estudado na Escola Secundária Whittier tinha feito com que irmão mais velho de Richard, Harold, vivesse um estilo de vida dissoluto antes que ficou doente de tuberculose (ele morreu vitimado pela doença em 1933). Em vez disso, enviaram Richard para estudar na Escola Secundária Union Fullerton.[13][14] Richard teve que viajar em um ônibus escolar por duas horas durante seu ano de calouro e recebeu excelentes notas.[15] Ele jogou no time de futebol júnior do colégio, e raramente faltou um treino, mesmo que fosse raramente usado nos jogos.[16] O jovem teve maior sucesso como debatedor, ganhando vários campeonatos e levando-o a receber sua única tutela formal, do professor H. Lynn Sheller. Nixon mais tarde se lembrou das palavras de Sheller: "Lembre-se, falar é conversar ... não gritar com as pessoas, conversar com elas."[17]

Nixon na Escola Secundária Whittier em 1930.

Seus pais permitiram a transferência de Richard para a Escola Secundária Whittier para seu ano júnior, começando em setembro 1928. Na Whittier, sofreu sua primeira derrota eleitoral, ao tentar ser presidente da entidade estudantil. Richard geralmente acordava às 4 da manhã, para dirigir o caminhão da família para Los Angeles e comprar verduras no mercado. Ele então dirigia para a loja para lavá-las e exibi-las, antes de ir para a escola. Harold tinha sido diagnosticado com tuberculose no ano anterior; quando sua mãe o levou ao Arizona na esperança de melhorar sua saúde, as exigências em Richard aumentaram, fazendo com que ele desistisse do futebol. No entanto, Richard se formou em Whittier na terceira posição de sua turma, composta por 207 alunos.[18][19]

Ensino colegial e faculdade de direito

Nixon recebeu uma bolsa de estudos para estudar na Universidade Harvard, mas a doença contínua de Harold e a necessidade de que sua mãe tinha de cuidar dele significava que Richard era necessário na loja. Ele permaneceu em sua cidade natal e frequentou o Colégio Whittier, com suas despesas sendo cobertas por uma herança de seu avô materno.[20] Nixon jogou na equipe de basquete; ele também tentou jogar futebol, mas não tinha tamanho para jogar. Nixon permaneceu na equipe como um substituto, e foi notado por seu entusiasmo.[21]

Em vez de fraternidades e irmandades, o Colégio Whittier tinha sociedades literárias. Nixon foi desprezado para participar da única para os homens, os Franklins; muitos membros dos Franklins eram de famílias proeminentes, mas Nixon não era. Ele respondeu ajudando a fundar uma nova sociedade, a Sociedade Ortogônica.[22] Além da sociedade, da escola, e do trabalho na loja, Nixon encontrou tempo para um grande número de atividades extracurriculares, transformando-se em um campeão de debates e ganhando a reputação como uma pessoa trabalhadora.[23] Em 1933, tornou-se noivo de Ola Florence Welch, filha do chefe de polícia de Whittier. Os dois terminaram em 1935.[24]

Depois de sua graduação do Colégio Whittier em 1934, Nixon recebeu uma bolsa completa para estudar na Faculdade de Direito da Universidade Duke.[25] A faculdade era nova e procurava atrair os melhores alunos oferecendo bolsas de estudo.[26] A instituição pagava altos salários aos seus professores, muitos dos quais tinham reputações nacionais ou internacionais.[27] O número de bolsas de estudo foi bastante reduzido para estudantes de segundo e terceiro anos, forçando os beneficiários a uma intensa competição.[26] Nixon não só manteve sua bolsa de estudos, como também foi eleito presidente da Ordem de Advogados de Duke,[28] introduzido-a na Ordem da Coif,[29] e graduou-se como o terceiro melhor de sua classe em junho de 1937.[25]