Revólver
English: Revolver

Disambig grey.svg Nota: Se procura o álbum dos Beatles, veja Revolver.
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde outubro de 2013). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser acadêmico)
Revólver Taurus Modelo 605
Revólver de 1888

Um revólver (em inglês: revolver ) é uma arma de fogo de repetição, de porte individual, normalmente com um só cano e com calibres variados. O depósito de cartuchos do revólver é constituído por um tambor ou cilindro giratório com várias câmaras ou culatras onde ficam os cartuchos (usualmente cinco ou seis, porém variando para mais ou para menos). O mecanismo de alimentação rotaciona este tambor um arco de revolução por disparo, de onde provém seu nome. Sistema moderno descende do projeto desenvolvido por Samuel Colt em 1836, embora o conceito existia há séculos antes da invenção de Colt. Revolveres são comumente armas de mão, porém outros tipos de armas podem ser consideradas revólveres também, como alguns rifles, lança-granadas e espingardas.Tem como excelente característica a confiabilidade no funcionamento,onde se destaca ante a pistola.

Funcionamento

O funcionamento básico de um revólver consiste em alinhar um cartucho alojado em uma câmara do tambor com o cano fixo através da rotação do tambor. Mortagem (em inglês: mortice ) é o nome utilizado para o espaço onde fica o tambor do revólver, nome pouco conhecido (utiliza-se esse nome somente professores de cursos de segurança entre outros). Em revólveres de ação simples, isto ocorre ao se engatilhar o cão (ou martelo), enquanto em armas de ação dupla isto ocorre ao se pressionar o gatilho, o que também arma o cão.

Revólveres de ação dupla também podem funcionar em ação simples, bastando armar o cão manualmente. Ao se fazer isso o curso do gatilho e a força necessária para pressioná-lo são bastante reduzidas, aumentando a precisão do disparo.

Revólveres de ação simples, como o Colt Single Action Army e o Ruger Vaquero (atuais) e vários outros modelos antigos (como as armas do velho oeste) sempre necessitam que o cão seja armado manualmente. (Algumas exceções existem, como por exemplo os modelos de ação dupla Apenas, que normalmente possuem o cão coberto e não podem ter o cão armado manualmente, bons para porte pois não enroscam o cão em roupas quando sacados).

Patente do revólver semiautomático Landstad (Noruega).

Revólveres comuns não podem utilizar de silenciador, pois entre o tambor e o cano sempre há uma brecha por onde parte dos gases do disparo escapam, produzindo barulho suficiente mesmo com o silenciador instalado na extremidade do cano. Entretanto, há alguns modelos especiais russos e norte-americanos (por exemplo o OTs-38),[1] que conseguiram silenciar em grande parte o disparo.

Existem modelos de revólveres semiautomáticos como Mateba Autorevolver que driblaram o inconveniente de se ter o curso longo e pesado de um gatilho de dupla ação ao se engatilhar o cão após cada disparo. O momento gerado pelo disparo empurra o tambor para trás, armando e engatilhando o cão para o próximo disparo, deixando a arma em posição de disparo em ação simples.