Ray Bradbury

Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde novembro de 2016). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser acadêmico)
Ray Bradbury
Ray Bradbury em 1975
Nome completoRay Douglas Bradbury
Nascimento22 de agosto de 1920
Waukegan, Illinois,  EUA
Morte6 de junho de 2012 (91 anos)
Los Angeles, Califórnia,  EUA
NacionalidadeEstados Unidos americano
CônjugeMarguerite McClure
(1947-2003)
Filho(s)4 filhas: Susan Bradbury, Ramona Bradbury, Bettina Bradbury e Alexandra Bradbury
OcupaçãoEscritor
Principais trabalhosFahrenheit 451, Crônicas Marcianas
PrémiosAmerican Academy of Arts and Letters (1954)

Daytime Emmy Award (1994)
Medalha Nacional de Artes (2004)
Pulitzer Prize (2007);

Género literárioFicção científica, fantasia, horror, suspense
Assinatura
Ray Bradbury Autograph.svg

Ray Douglas Bradbury (Waukegan, 22 de agosto de 1920Los Angeles, 6 de junho de 2012[1]) foi um escritor americano que atuou como romancista e contista primariamente de ficção-científica e fantasia.

Ele é mais conhecido por seu trabalho mais famoso, Fahrenheit 451, de 1953, uma das mais renomadas obras de ficção do século XX, uma das histórias consideradas precursoras do gênero de distopia/ficção especulativa. Outras de suas obras famosas incluem Crônicas Marcianas (1950) e The Illustrated Man (1951). Muitas de suas obras foram adaptadas ao longo de sua carreira, tanto para o cinema, quanto para a televisão e para a mídia de banda desenhada/quadrinhos.

Biografia

Ray Bradbury nasceu em 22 de agosto de 1920 na cidade de Waukegan, no estado de Illinois, nos EUA. Seus pais eram Leonard Spaulding Bradbury, americano de ascendência britânica, e Esther Moberg-Bradbury, nascida na Suécia e que imigrou para os Estados Unidos após a Primeira Guerra Mundial, no final dos anos 1910. Seu pai trabalhava com técnicas de instalação telefônica, enquanto sua mãe era dona-de-casa.

Ao todo, seus pais tiveram seis filhos, sendo Ray o mais velho deles. Entre 1920 e 1926, a família permaneceu morando em Waukegan, até se mudaram para a cidade de Tucson, no Arizona, no oeste dos Estados Unidos, onde os Bradburys viveram até 1933. A partir de 1934, Ray e sua família se mudaram definitivamente para Los Angeles, no estado vizinho da Califórnia, onde o escritor viveria praticamente até o fim de sua vida. Ainda em Los Angeles, Ray Bradbury conheceu Marguerite McClure (1922-2003), com quem casou-se em 1947, aos 27 anos. Juntos, Ray e Marguerite tiveram quatro filhas, nascidas entre 1948 e 1962.

Os primeiros rascunhos e manuscritos de contos e estórias desenvolvidas pelo autor datam de 1931, quando este tinha cerca de onze anos de idade. Leitor voraz desde cedo, Bradbury sempre creditou nomes como Edgar Allan Poe, Edgar Rice Burroughs e Júlio Verne como suas primordiais influências.