Produção cultural

Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2010). Por favor, referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser acadêmico)

Produção cultural é uma atividade profissional que consiste em gerenciar a organização de eventos culturais ou a confecção de bens culturais. Produtores culturais podem organizar shows, exposições de arte, espetáculos de música, dança, teatro, ou coordenar a gravação de discos, vídeos, programas de TV, rádio e inúmeras outras atividades de expressão cultural

Histórico no Brasil

Em 1995, foram criados na Universidade Federal Fluminense (UFF) e na Universidade Federal da Bahia (UFBA) os primeiros cursos de graduação em Produção Cultural. No ano de 2003, foi criado o Curso superior de Tecnologia em Produção Cultural no Centro Federal Tecnológico de Química de Nilópolis - Cefet Química/CEFETEQ (atual IFRJ), e que mais tarde, em 2012, passou a ofertar o curso como Bacharelado e não mais CST. Em 2004, foi criado o curso superior tecnológico de Produção Cultural e de Eventos da Universidade Uniandrade de Curitiba-Paraná. Dois anos mais tarde, foi criado o bacharelado em Produção e Política Cultural no Instituto de Humanidades da Universidade Cândido Mendes (IH-UCAM), ligado ao curso de Ciências Sociais desta instituição. Em 2008, com a estruturação da Universidade Federal do Pampa (Unipampa), passou a ser oferecido o curso de Produção e Política Cultural no extremo sul do país, na cidade de Jaguarão.

No Nível técnico existe a Escola Técnica Estadual Adolpho Bloch , no Rio de Janeiro, que foi a primeira escola pública a oferecer curso técnico de comunicação na América Latina, que fornece o Curso de Produção Cultural e de Eventos, desde 1999.