Nobel da Paz

Nobel da Paz
DescriçãoPessoas que contribuíram com a manutenção na Paz no mundo.
ApresentaçãoFundação Nobel
LocalOslo
País Noruega
Primeira cerimónia1901
Última cerimónia2018
DetentorDenis Mukwege e Nadia Murad

Nobel da Paz é um dos cinco Prémios Nobel legados pelo inventor da dinamite, o sueco Alfred Nobel. Os prémios de Física, Química, Fisiologia ou Medicina e Literatura são entregues anualmente em Estocolmo, sendo o Nobel da Paz atribuído em Oslo. O Comité Nobel Norueguês, cujos membros são nomeados pelo Parlamento norueguês, tem a função de escolher o laureado pelo prémio, que é entregue pelo seu presidente atualmente o ex-primeiro-ministro, ex-ministro dos negócios estrangeiros, ex-presidente do Stortinget (parlamento) e atual Secretário-Geral do Conselho da Europa Sr. Thorbjørn Jagland. A sua primeira entrega foi em 1901.

Atualmente há um sexto prémio associado: o Prémio de Ciências Económicas em Memória de Alfred Nobel, também atribuído pela Academia Real das Ciências Sueca. Este prémio foi instituído em 1968, comemorando o terceiro centenário do Banco Central da Suécia (Sveriges Riksbank).

Na altura da morte de Alfred Nobel, a Suécia e a Noruega estavam em União desde 14 de janeiro de 1814, pela qual o parlamento sueco ficava responsável pela política internacional, estando o Stortinget (Parlamento norueguês) apenas encarregado da política interna norueguesa. (A União desfez-se de uma forma pacífica a 13 de Agosto de 1905). Alfred Nobel decidiu, assim, que fosse a Noruega a decidir o laureado pelo Nobel da Paz, de forma a prevenir a influência de poderes políticos internacionais no processo de atribuição do Nobel.

De acordo com a vontade de Alfred Nobel, o prémio deveria distinguir "a pessoa que tivesse feito a maior ou melhor ação pela fraternidade entre as nações, pela abolição e redução dos esforços de guerra e pela manutenção e promoção de tratados de paz".

Ao contrário dos outros prémios Nobel, o Nobel da Paz pode ser atribuído a pessoas ou organizações que estejam envolvidas num processo de resolução de problemas, em vez de apenas distinguir aqueles que já atingiram os seus objetivos em alguma área específica. É, portanto, um prémio Nobel com características próprias.

2011

Em 2011 havia 241 candidatos ao Nobel da Paz, um número recorde na história do galardão centenário. Dos indicados, 188 correspondiam a pessoas individuais e 53 a coletivos ou organizações.