Nível do mar
English: Sea level

Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2016). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser acadêmico)

O nível do mar,[1] por vezes denominado nível médio do mar (NMM)[1] é a altitude média da superfície do mar.

O NMM possui muitas aplicações. É, por exemplo, utilizado como referência para medir as altitudes dos acidentes topográficos, especificar curvas de nível e suas cotas (nos mapas e plantas cartográficas) etc.

Em aeronáutica, é utilizado para cálculo da altitude de densidade de uma aeronave ou um aeródromo. Quando uma aeronave desloca-se na altitude de transição (nível atmosférico no qual e abaixo do qual a posição vertical de qualquer aeronave é medida do ponto em que a aeronave se encontre até o nível médio do mar)[nota 1] ou abaixo da altitude de transição, é comum informar que a aeronave está voando AMSL (acima do nível médio do mar).[nota 2]

Um conceito relacionado ao nível do mar é o de zero hidrográfico, que em geral é utilizado em hidrografia costeira e na medição de profundidades de portos e barras. Na maior parte dos casos, o zero hidrográfico é feito coincidir com o nível médio do mar, ou ter com ele uma relação simples e constante.[carece de fontes?]

Definição do nível de referência

Embora pareça uma questão de resolução simples, a determinação da superfície de referência a partir da qual determinar o nível médio do mar oferece grande complexidade: por um lado o nível do mar não é de todo constante, variando constantemente em função da ondulação, das marés, da pressão atmosférica, temperatura das águas do mar e de múltiplos outros factores cíclicos que sobre ele actuam com períodos que variam de segundos a vários anos.

Para além dos fatores de natureza cíclica e dependentes de circunstâncias astronómicas ou meteorológicas, o nível do mar está ainda sujeito aos efeitos das variações impostas pela eustasia, o que torna a determinação do seu nível médio deveras complexa.

Por outro lado, à complexidade imposta pelas flutuações do nível do mar há que juntar as que são impostas pela necessidade de obter um referencial fixo em relação ao qual realizar as medições. De facto, grande parte das costas e fundos dos mares estão sujeitos a lentas subidas ou descidas impostas pela isostasia e pelo deslocamento das placas tectónicas. Logo, para além da dificuldade de determinar o nível há ainda a necessidade de encontrar um adequado ponto fixo de referência (o datum) a partir do qual efectuar as medições e expressar os resultados.