Miguel VIII Paleólogo

Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde junho de 2013). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não acadêmico)


Miguel VIII Paleólogo
Imperador e Autocrata dos Romanos
Michael VIII Palaiologos (head).jpg
Miguel VIII Paleólogo, pintura
Reinado1259 - 1282
ConsorteTeodora Ducena Vatatzina
Antecessor(a)João IV Láscaris
Sucessor(a)
Dinastia
Nascimento1224
Morte1282 (58 anos)
Filho(s)Com Teodora:
Manuel Paleólogo
Irene Paleóloga

Ana Paleóloga
Constantino Paleólogo
Teodora Paleóloga
Eudóxia Paleóloga
Teodoro Paleólogo
Com uma concubina:
Eufrósine Paleóloga
Maria Paleóloga
Pai
MãeTeodora Angelina Paleóloga

Miguel Ducas Comneno Paleólogo (em grego: Μιχαήλ Δούκας Κομνηνός Παλαιολόγος; transl.: Mikhael Doukas Komnēnós Palaiologos; 12241282), conhecido como Miguel VIII, foi imperador bizantino de 1259 a 1282. Casou em 1253 com Teodora Ducena Vatatzina, sobrinha-neta do antigo imperador João III Ducas Vatatzes, que lhe deu 5 filhos.

Chegada ao trono

Miguel, da família dos , sobe ao trono do Império de Niceia (resultante da divisão do Império após a tomada de Constantinopla pelos Cruzados em 1204) em 1259, pouco depois da morte do imperador Teodoro II Láscaris, associando-se ao herdeiro legítimo João IV Láscaris que na altura tinha apenas 8 anos, após a morte de Jorge Muzalon co-regente nomeado por Teodoro. Um ano depois mete mãos à obra para realizar a sua ambição: a reconquista de Constantinopla. Para tal, alia-se a Génova e um dos seus generais passa meses a estudar a cidade, à espera do melhor momento para atacar. Esse momento chega em Julho de 1261: quando a maioria do exército latino estava fora da cidade, bizantinos e genoveses conseguem abrir as portas da cidade (com ajuda de locais) e retomam Constantinopla aos Latinos. No poder, Miguel manda cegar e desterrar João IV e proclama-se senhor do Império Bizantino, o que lhe vale ser excomungado pelo patriarca de Constantinopla Arsénio I, tutor do legítimo herdeiro, excomunhão essa que só será levantada sete anos mais tarde, com a tomada de posse de novo patriarca. Mais: para assegurar uma sucessão sem sobressaltos aos seus descendentes, casou todas as irmãs de João IV com príncipes estrangeiros, de forma a que os seus filhos não pudessem reclamar o trono de Constantinopla.