Lista de reis suevos

  • segue-se uma lista de reis suevos

    • 409 - 438 - hermerico
    • 438 - 448 - réquila
    • 448 - 456 - requiário derrotado pelo rei visigótico teodorico ii.
    • 456 - 457 - agiulfo enviado pelo rei visigótico, desertou e fez-se reconhecer como rei por uma parte dos suevos.[1][2] foi derrotado pelos visigodos de teodorico ii.[3]
    • 456 - 460 - maldras
    • 457 - frantano - a eleição de maldras não foi reconhecida por todos os suevos.[4][5] É provável que fosse eleito pela facção que apoiava agiulfo.[6]
    • 457 - 464 - requimundo, sucessor de frantano
    • 460 - 464 - frumário - sucessor de maldras
    • 464 - 469 - remismundo, sucessor de frumário, reunificou o reino suevo.


    período obscuro

    • conhecem-se os nomes de veremundo e teodemundo, mas o seu carácter histórico é duvidoso. [7] outras crónicas menos fidedignas e posteriores mencionam vários reis chamados hermenerico ii, riciliano e requiário ii.[8]


    • 550 - 559 - carriarico, existem dúvidas sobre a sua existência
    • 559 - 561 - ariamiro
    • 561 - 570 - teodomiro
    • 570 - 583 - miro
    • 583 - 584 - eborico
    • 584 - 585 - andeca o reino é invadido por leovigildo,
    • 585 - amalarico reconhecido como rei por uma parte dos suevos depois da conquista visigótica.[7]

    referências

  • ligações externas

Segue-se uma lista de reis suevos


Período obscuro


Referências

  1. Díaz Martínez, Pablo C. (2007). Hispania tardoantigua y visigoda. [S.l.]: Ediciones AKAL. pp. 291–292. ISBN 9788470904820 
  2. Díaz Martínez, Pablo C. (2007). Hispania tardoantigua y visigoda. [S.l.]: Ediciones AKAL. pp. 298–299. ISBN 9788470904820 
  3. Valverde Castro, María R. (2000). Ideología, simbolismo y ejercicio del poder real en la monarquía visigoda: un proceso de cambio. [S.l.]: Universidad de Salamanca. pp. 56–57. ISBN 9788478009404 
  4. Sayas Abengochea, Juan José; Abad Varela, Manuel (2013). Historia antigua de la península ibérica. Época tardoimperial y visigoda. II. [S.l.]: Editorial UNED. p. 264. ISBN 9788436265347 
  5. Arce, Javier (2013). Bárbaros y romanos en Hispania: (400-507 A.D.). [S.l.]: Marcial Pons Historia. p. 132. ISBN 9788415817048 
  6. Díaz Martínez, Pablo C. (2007). Hispania tardoantigua y visigoda. [S.l.]: Ediciones AKAL. p. 299. ISBN 9788470904820 
  7. a b Díaz Martínez, Pablo C. (2011). El reino suevo (411-585). [S.l.]: Ediciones AKAL. p. 293. ISBN 9788446036487 
  8. Arias 2011, pp. 105-106.