Lista de arranha-céus da cidade de São Paulo

Esta Lista de arranha-céus em São Paulo, classifica os maiores edifícios da cidade de São Paulo, Brasil, o maior é o Mirante do Vale com 170 metros de altura[1][2]

Localizado no Centro de São Paulo, foi concluído em 1960. Em 1921 foi anúnciada a construção do Edifício Martinelli,[3] pelo empresário Giuseppe Martinelli, que iniciou em 1924[4] e finalizou-se em 1929, e se tornou o primeiro e maior arranha-céu da América Latina e do Brasil por muitos anos, até que em 1947 perdeu o título de maior arranha-céu de São Paulo para o Edifício Altino Arantes,[5] que se tornou o maior edifício da cidade de São Paulo. Na mesma região em 1955, foi concluído o Edifício do Banco do Brasil,[6] que iniciou a construção em 1954, e contém 143 metros de altura (474 ft). Em 1960 foi concluído o Mirante do Vale que depois se tornou o edifício mais alto do Brasil. No ano seguinte, começou a construção do Edifício Itália,[7] que foi concluído em 1965, com 168 metros de altura (556 ft), e se tornou o segundo maior edifício da cidade e do Brasil. Ao passar dos anos, vários edifícios foram construídos, dentre eles os edifícios Grande São Paulo,[8] Mercantil Finasa[9] entre outros. Na década de 1990, foram surgindo arranha-céus grandes e mais modernos como o Birmann 21,[10] Plaza Centenário[11] e o complexo do CENU das torres Norte,[12] Leste[13] e Oeste.[14]

Na década seguinte também surgiram os edificios Blue Tree Towers Paulista,[15] Sede do BankBoston,[16] E-Tower,[17] Eldorado Business Tower,[18] e WTorre São Paulo[19](atualmente em construção). Depois de 50 anos, a cidade terá um novo arranha-céu que terá 189 metros de altura (620 ft), será o Company Business Towers,[20] a maior é a Torre A (Torre Sigma), e a Torre B (Torre Alpha), serão concluídos em 2011 e 2013.

Maiores arranha-céus

Mirante do Vale (Centro), o maior arranha-céu da cidade de São Paulo.
Edifício Altino Arantes (Centro), considerado um símbolo da cidade de São Paulo.
Edifício Itália (Centro Novo), um dos edifícios mais famosos da cidade.
Sede do BankBoston, um dos edifícios mais inovadores da cidade.
E-Tower, um dos edifícios mais modernos da cidade.

Esta lista reúne os 56 maiores arranha-céus da Cidade de São Paulo, incluindo a altura em metros e pés (feets) e a classificação de cada edifício. O maior possui 170 metros (558 ft), e o menor possui 100 metros de altura (364 ft).

Posição Nome Altura ft/m Pisos Ano de conclusão
1 Mirante do Vale[21] 558 / 170 51 1960
2 Edifício Italia[22] 556 / 168 45 1965
3 Edifício Altino Arantes[23] 528 / 161 40 1947
4 Torre Norte do CENU[24] 500 / 158 38 1999
5 Begônias[25] 500 / 158 41 2008
6 Jabuticabeiras[25] 500 / 158 41 2008
7 Magnólias[25] 500 / 158 41 2008
8 Resedá[25] 500 / 158 41 2008
9 E-Tower[26] 488 / 150 39 2005
10 Birmann 21[27] 480 / 149 39 1996
11 Sede do BankBoston[28] 476 / 145 35 2002
12 Edifício do Banco do Brasil 474 / 143 24 1955
13 Eldorado Business Tower[29] 465 / 141 36 2007
14 Edifício Copan[30] 460 / 140 45 1953
15 Edifício Horizonte[31] 458 / 140 38 2009
16 Edifício Mirante[32] 458 / 140 38 2009
17 Edifício Panorama[33] 457 / 140 38 2009
18 Plaza Centenário[34] 455 / 139 32 1995
19 Edifício Mandarim[35] 452 / 137 41 2006
20 Edifício Barão de Iguape[36] 445 / 133 37 1959
21 Edifício TJSP[37] 440 / 130 36 1968
22 Edifício Martinelli[38] 440 / 130 30 1929
23 Edifício Grande São Paulo[21] 438 / 129 40 1971
24 Mercantil Finasa[39] 438 / 129 35 1973
25 Ciragan[40] 424 / 125 42 2007
26 Instituto Doutor Arnaldo[41] 424 / 125 25 2007
27 Torre do World Trade Center[42] 424 / 124 26 1994
28 Edifício Plátano[43] 418 / 122 37 2004
29 Edifício Paineiras[44] 418 / 122 37 2004
30 Edifício Jacarandá[45] 418 / 122 37 2003
31 L'Essence Jardins[46] 402 / 120 35 2006
32 Torre Leste do CENU[47] 400 / 120 32 2001
33 Torre Oeste do CENU[48] 400 / 120 30 1998
34 Edifício Andraus[49] 390 / 115 32 1962
35 Leeds Hall[50] 388 / 114 34 2006
36 Edifício Conde de Prates[51] 385 / 112 33 1955
37 Renaissance São Paulo Hotel[52] 380 / 110 26 1994
38 CBI Esplanada[53] 380 / 110 30 1948
39 Centro Cultural Itaú[54] 380 / 110 14 1993
40 Blue Tree Towers Paulista[55] 380 / 110 26 2000
41 Brascan Century Plaza Apartments[56] 378 / 109 33 2002
42 Edifício Chaim Herzsprung[57] 370 / 105 30 1997
43 Edifício Veneza 368 / 103 30 1980
44 Edifício Jacaranda[58] 368 / 104 27 1988
45 São Paulo Fashion Hall[59] 366 / 103 25 2003
46 Faria Lima Premium[60] 366 / 103 28 1988
47 Edifício General Osório[61] 365 / 102 28 1980
48 Edifício Ribeirão Preto[62] 365 / 102 27 1986
49 Edifício Barnabé Corréa[63] 365 / 102 28 1979
50 Plaza Iguatemi Business Center[64] 365 / 102 21 2001
51 Boulevard Sul[65] 363 / 101 20 2005
52 Edifício São Luís Gonzaga[66] 363 / 101 24 2000
53 Torre 2000[67] 364 / 100 27 2002
54 Conjunto Nacional[68] 364 / 100 25 1962
55 Palácio Clóvis Ribeiro[69] 364 / 100 23 1950
56 Continental Office Tower[70] 364 / 100 18 2003
Vista do Espigão da Paulista, através do Terraço Itália.