Limitação de largura de banda

Limitação de Largura de Banda, ou Bandwidth Throttling, é o retardo intencional de um serviço de internet por um provedor de acesso à internet. Este ato é considerado, pela ONU, crime contra os Direitos Humanos. [1]

É uma medida reativa exercida sobre uma rede de comunicação na tentativa aparente de regular o tráfego da rede e minimizar o congestionamento da banda. A limitação de banda pode ocorrer em diferentes locais na rede. Em uma rede de área local, (acrônimo de local area network - LAN), um administrador de sistemas pode usar o limite de banda para ajudar a restringir congestionamentos de rede e falhas no servidor. A nível mais amplo, o provedor de acesso à internet pode utilizar este recurso para ajudar a reduzir o uso de banda de um usuário que é fornecida para a rede local.

A limitação de banda pode ser usada para controlar taxas de download e upload de um usuário ativo em programas, como streaming de videos, protocolos de BitTorrent e outras aplicações de compartilhamento de arquivos que não necessariamente estejam utilizando toda a banda fornecida para todos os usuários da rede. A limitação de banda também é frequentemente usada em aplicações de Internet, a fim de espalhar a carga sobre uma rede mais ampla para reduzir o congestionamento da rede local, ou sobre um determinado número de servidores para evitar sobrecarrega-los individualmente, e então diminuir seus riscos de travamento, e ganhar uma renda adicional por atrair usuários a aderir planos mais caros onde a banda não é limitada.

Operação

Uma rede de computadores normalmente consiste em um número de servidores, os quais hospedam dados e fornecem serviços para os clientes. A Internet é um bom exemplo em que os servidores são usados para hospedar páginas da web, fornecendo informações para um potencial grande número de computadores de clientes.

Os clientes criam requisições para os servidores, os quais irão responde-las enviando os dados solicitados. Como frequentemente existem muitos clientes para um único servidor, a demanda de processamento de dados no servidor geralmente é considerada maior que em qualquer cliente individual. Dessa forma, servidores são normalmente implementados usando computadores com alta capacidade de armazenamento e poder de processamento de dados.

O tráfego de dados em uma rede deste tipo varia ao longo do tempo, existindo períodos em que as requisições dos clientes ficam no pico, algumas vezes excedendo a capacidade das partes da rede e causando congestionamento, principalmente em pontos que formam gargalos. Isto pode causar falhas nas requisições de dados, ou, no pior caso, travamentos nos servidores.

Para prevenir tais ocorrências, o administrador do servidor pode limitar (throttling) a largura de banda para controlar o número de solicitações que o servidor deverá responder dentro de um intervalo de tempo especificado.

Quando um servidor que utiliza limitação de largura de banda atinge o limite especificado, este irá descarregar novas requisições mas não irá respondê-las. Algumas vezes elas podem ser adicionadas a uma fila para serem processadas, uma vez que o uso da banda alcance um nível aceitável, porém, no momento de pico a taxa de requisição pode até mesmo exceder a capacidade destas filas e as novas requisições podem ser jogadas fora.