Liga Internacional dos Trabalhadores - Quarta Internacional

Question book.svg
Este artigo ou secção necessita de referências de fontes secundárias fiáveis e independentes (desde junho de 2019). Fontes primárias, ou com conflitos de interesse, não são adequadas para verbetes enciclopédicos. Ajude a incluir acadêmico)
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde agosto de 2013). Ajude a este artigo inserindo fontes.
Logótipo da LIT-QI

A Liga Internacional dos Trabalhadores - Quarta Internacional (LIT-QI) é uma das grandes correntes internacionais do trotskismo. Existe desde 1953, tendo como um dos seus principais organizadores e fundador o argentino Hugo Miguel Bressano Capacete, conhecido como Nahuel Moreno (1924- 1987).

Antecedentes

Conforme os documentos publicados pela própria organização (Un Breve Esbozo de la Historia de la LIT-CI), esta corrente existe com diferentes nomes desde 1953. Surge em 1944 como um pequeno grupo dirigido por Nahuel Moreno, o GOM (Grupo Operário Marxista), na Argentina.

O objetivo central desta corrente em seus inícios era estruturar-se na fábricas tentando superar o caráter marginal, e intelectual do movimento trotskista argentino. Descreve seus primeiros tempos como tendo um desvio obreirista, sectário e propagandista: não fazia trabalho entre os estudantes e o eixo da atividade era dar cursos sobre o Manifesto Comunista e outros textos clássicos. Entre 1944 e 1948 reconhece também um desvio nacionalista, em suas palavras "acreditar que havia solução para os problemas do movimento trotskista dentro de seu próprio país" (Un Breve Esbozo de la Historia de la LIT-CI). Apenas em 1948 começaria a participar na vida da IV Internacional, em seu Segundo Congresso. Segundo o mesmo documento (Esbozo, 2008): "A intervenção nas lutas operárias e na IV Internacional tornou possível a superação dos desvios e o fortalecimento do grupo".