Japão

日本国 (shinjitai)
日本國 (kyujitai)
Nippon-koku ou Nihon-koku

Japão
Bandeira do Japão
Brasão do Japão
BandeiraSelo Imperial
Hino nacional: 君が代
(Kimi ga Yo, Reino Imperial)
Gentílico: Japonês (a), japonense;[1][2]
japônico (a),[3] japónico (a),[3] nipônico (a) e nipónico (a).

Localização do Japão

Localização do Japão em verde escuro.
Território disputado das Ilhas Curilas em verde claro.
CapitalTóquio
35°41′N 139°46′E
Cidade mais populosaTóquio
Língua oficialJaponês
GovernoMonarquia constitucional unitária
 - ImperadorAkihito
 - Primeiro-ministroShinzō Abe
Fundação Nacional11 de fevereiro de 660 a.C. 
 - Constituição Meiji29 de novembro de 1890 
 - Constituição do Japão3 de maio de 1947 
 - Tratado de S. Francisco28 de abril de 1952 
Área 
 - Total377 873 km² (62.º)
 - Água (%)0,8
População 
 - Estimativa para 2007127 433 494 hab. (10.º)
 - Censo 2017126 730 000 hab. 
 - Densidade337 hab./km² (30.º)
PIB (base PPC)Estimativa de 2015
 - TotalUS$ 4 830 trilhões *[4] (4.º)
 - Per capitaUS$ 38 054[4] (25.º)
PIB (nominal)Estimativa de 2015
 - TotalUS$ 4 123 trilhões *[4] (3.º)
 - Per capitaUS$ 32 485[4] (18.º)
IDH (2015)0,903 (17.º) – muito elevado[5]
Gini (2008)37,6 (2008)[6]
MoedaIene (¥ / 円) (JPY)
Fuso horário+9
Cód. ISOJPN
Cód. Internet.jp
Cód. telef.+81
Website governamentalwww.kantei.go.jp

Mapa do Japão

Ni hon go2.pngEste artigo contém texto em japonês.
Sem suporte multilingual apropriado, você verá interrogações, quadrados ou outros símbolos em vez de kanji ou kana.

Japão (em japonês: 日本; transl.: Nihon ou Nippon; oficialmente 日本国, ou Nihon koku) é um país insular da Ásia Oriental. Localizado no Oceano Pacífico, a leste do Mar do Japão, da República Popular da China, da Coreia do Norte, da Coreia do Sul e da Rússia, se estendendo do Mar de Okhotsk, no norte, ao Mar da China Oriental e Taiwan, ao sul. Os caracteres que compõem seu nome significam "Origem do Sol", razão pela qual o Japão é às vezes identificado como a "Terra do Sol Nascente".

O país é um arquipélago de 6 852 ilhas,[7] cujas quatro maiores são Honshu, Hokkaido, Kyushu e Shikoku, representando em conjunto 97% da área terrestre nacional. A maior parte das ilhas é montanhosa, com muitos vulcões como, por exemplo, os Alpes japoneses e o Monte Fuji. O Japão possui a décima maior população do mundo, com cerca de 128 milhões de habitantes. A Região Metropolitana de Tóquio, que inclui a capital de facto de Tóquio e várias prefeituras adjacentes, é a maior área metropolitana do mundo, com mais de 30 milhões de habitantes.

Pesquisas arqueológicas indicam que humanos já viviam nas ilhas japonesas no período Paleolítico Superior. A primeira menção escrita do Japão começa com uma breve aparição em textos históricos chineses do século I d.C. A influência do resto do mundo seguida por longos períodos de isolamento tem caracterizado a história do país. Desde a sua constituição em 1947, o Japão se manteve como uma monarquia constitucional unitária com um imperador e um parlamento eleito, a Dieta.

Como grande potência econômica,[8] possui a terceira maior economia do mundo em PIB nominal e a quarta maior em poder de compra. É também o quarto maior exportador e o quarto maior importador do mundo, além de ser o único país asiático membro do G7.[9] O país mantém uma força de segurança moderna e ampla, utilizada para auto-defesa e para funções de manutenção da paz.[10] O Japão possui um padrão de vida muito alto (17º maior IDH), com a maior expectativa de vida do mundo (de acordo com estimativas da ONU e da OMS) e a terceira menor taxa de mortalidade infantil.[11][12] O país também faz parte do G20, grupo formado pelas 19 maiores economias do mundo mais a União Europeia.

Etimologia

Os nomes japoneses para "Japão" são Nippon (にっぽん?), Loudspeaker.svg? escutar, e Nihon (にほん?), Loudspeaker.svg? escutar. Ambos são escritos em japonês usando o kanji (日本?). O nome japonês Nippon é usado de forma oficial, inclusive no dinheiro japonês, selos postais e para muitos eventos esportivos internacionais. Nihon é um termo mais casual e mais frequentemente utilizados no discurso contemporâneo. Os japoneses se referem a si mesmos como Nihonjin (日本人?) e chamam sua língua Nihongo (日本語?).[13]

Tanto Nippon quanto Nihon, literalmente significam "origem do sol" e muitas vezes são traduzidos como a "Terra do Sol Nascente". Esta nomenclatura vem das missões do Império com a dinastia chinesa Sui e refere-se a posição a leste do Japão em relação à China. Antes do Nihon entrar em uso oficial, o Japão era conhecido como (, Wa?) ou (倭国, Wakoku?).[14]

A palavra em mandarim ou em chinês Wu (呉語) para Japão foi registrada por Marco Polo como Cipangu. Em xangainês moderno, um dialeto Wu, a pronúncia dos caracteres 日本 «Japão» é Zeppen (pronuncia - se IPA[zəʔpən]); em Wu, o caractere 日 tem duas pronúncias, informal (白讀?) (pronuncia-se IPA[niʔ]) e formal (文讀?) (pronuncia-se IPA[zəʔ]). (Em alguns dialetos Wu do sul, 日本 é pronunciado IPA[niʔpən] semelhante à sua pronúncia em japonês). A velha palavra malaia para o Japão, Jepang (agora escrita Jepun na Malásia, apesar de ainda ser soletrada Jepang na Indonésia), foi emprestada da língua chinesa e foi encontrada por comerciantes portugueses em Malaca no século XVI. Acredita-se que os comerciantes portugueses foram os primeiros a levar a palavra para a Europa.[15]