Japão

日本国 (shinjitai)
日本國 (kyujitai)
Nippon-koku ou Nihon-koku

Japão
Bandeira do Japão
Brasão do Japão
BandeiraSelo Imperial
Hino nacional: 君が代
(Kimi ga Yo, Reino Imperial)
Gentílico: Japonês (a), japonense;[1][2]
japônico (a),[3] japónico (a),[3] nipônico (a) e nipónico (a).

Localização do Japão

Localização do Japão em verde escuro.
Território disputado das Ilhas Curilas em verde claro.
CapitalTóquio
35°41′N 139°46′E
Cidade mais populosaTóquio
Língua oficialJaponês
GovernoMonarquia constitucional unitária
 - ImperadorAkihito
 - Primeiro-ministroShinzō Abe
Fundação Nacional11 de fevereiro de 660 a.C. 
 - Constituição Meiji29 de novembro de 1890 
 - Constituição do Japão3 de maio de 1947 
 - Tratado de S. Francisco28 de abril de 1952 
Área 
 - Total377 873 km² (62.º)
 - Água (%)0,8
População 
 - Estimativa para 2007127 433 494 hab. (10.º)
 - Censo 2017126 730 000 hab. 
 - Densidade337 hab./km² (30.º)
PIB (base PPC)Estimativa de 2015
 - TotalUS$ 4 830 trilhões *[4] (4.º)
 - Per capitaUS$ 38 054[4] (25.º)
PIB (nominal)Estimativa de 2015
 - TotalUS$ 4 123 trilhões *[4] (3.º)
 - Per capitaUS$ 32 485[4] (18.º)
IDH (2017)0,909 (19.º) – muito elevado[5]
Gini (2008)37,6 (2008)[6]
MoedaIene (¥ / 円) (JPY)
Fuso horário+9
Cód. ISOJPN
Cód. Internet.jp
Cód. telef.+81
Website governamentalwww.kantei.go.jp

Mapa do Japão

Japão (em japonês: 日本; transl.: Nihon ou Nippon; oficialmente 日本国, ou Nihon koku) é um país insular da Ásia Oriental. Localizado no Oceano Pacífico, a leste do Mar do Japão, da República Popular da China, da Coreia do Norte, da Coreia do Sul e da Rússia, se estendendo do Mar de Okhotsk, no norte, ao Mar da China Oriental e Taiwan, ao sul. Os caracteres que compõem seu nome significam "Origem do Sol", razão pela qual o Japão é às vezes identificado como a "Terra do Sol Nascente".

O país é um arquipélago de 6 852 ilhas,[7] cujas quatro maiores são Honshu, Hokkaido, Kyushu e Shikoku, representando em conjunto 97% da área terrestre nacional. A maior parte das ilhas é montanhosa, com muitos vulcões como, por exemplo, os Alpes japoneses e o Monte Fuji. O Japão possui a décima maior população do mundo, com cerca de 128 milhões de habitantes. A Região Metropolitana de Tóquio, que inclui a capital de facto de Tóquio e várias prefeituras adjacentes, é a maior área metropolitana do mundo, com mais de 30 milhões de habitantes.

Pesquisas arqueológicas indicam que humanos já viviam nas ilhas japonesas no período Paleolítico Superior. A primeira menção escrita do Japão começa com uma breve aparição em textos históricos chineses do século I d.C. A influência do resto do mundo seguida por longos períodos de isolamento tem caracterizado a história do país. Desde a sua constituição em 1947, o Japão se manteve como uma monarquia constitucional unitária com um imperador e um parlamento eleito, a Dieta.

Como grande potência econômica,[8] possui a terceira maior economia do mundo em PIB nominal e a quarta maior em poder de compra. É também o quarto maior exportador e o quarto maior importador do mundo, além de ser o único país asiático membro do G7.[9] O país mantém uma força de segurança moderna e ampla, utilizada para auto-defesa e para funções de manutenção da paz.[10] O Japão possui um padrão de vida muito alto (17º maior IDH), com a maior expectativa de vida do mundo (de acordo com estimativas da ONU e da OMS) e a terceira menor taxa de mortalidade infantil.[11][12] O país também faz parte do G20, grupo formado pelas 19 maiores economias do mundo mais a União Europeia.

Etimologia

Os nomes japoneses para "Japão" são Nippon (にっぽん?), Loudspeaker.svg? escutar, e Nihon (にほん?), Loudspeaker.svg? escutar. Ambos são escritos em japonês usando o kanji (日本?). O nome japonês Nippon é usado de forma oficial, inclusive no dinheiro japonês, selos postais e para muitos eventos esportivos internacionais. Nihon é um termo mais casual e mais frequentemente utilizados no discurso contemporâneo. Os japoneses se referem a si mesmos como Nihonjin (日本人?) e chamam sua língua Nihongo (日本語?).[13]

Tanto Nippon quanto Nihon, literalmente significam "origem do sol" e muitas vezes são traduzidos como a "Terra do Sol Nascente". Esta nomenclatura vem das missões do Império com a dinastia chinesa Sui e refere-se a posição a leste do Japão em relação à China. Antes do Nihon entrar em uso oficial, o Japão era conhecido como (, Wa?) ou (倭国, Wakoku?).[14]

A palavra em mandarim ou em chinês Wu (呉語) para Japão foi registrada por Marco Polo como Cipangu. Em xangainês moderno, um dialeto Wu, a pronúncia dos caracteres 日本 «Japão» é Zeppen (pronuncia - se IPA[zəʔpən]); em Wu, o caractere 日 tem duas pronúncias, informal (白讀?) (pronuncia-se IPA[niʔ]) e formal (文讀?) (pronuncia-se IPA[zəʔ]). (Em alguns dialetos Wu do sul, 日本 é pronunciado IPA[niʔpən] semelhante à sua pronúncia em japonês). A velha palavra malaia para o Japão, Jepang (agora escrita Jepun na Malásia, apesar de ainda ser soletrada Jepang na Indonésia), foi emprestada da língua chinesa e foi encontrada por comerciantes portugueses em Malaca no século XVI. Acredita-se que os comerciantes portugueses foram os primeiros a levar a palavra para a Europa.[15]