Ilhas Molucas

Ilhas Molucas
Karta ID Maluku isl.PNG
Geografia física
País Indonésia
LocalizaçãoInsulíndia, Mar das Molucas e Mar de Banda (Oceano Pacífico), Sudeste Asiático / Oceania
Ilhas principaisCerca de 1000 ilhas em duas províncias: Molucas do Norte e Província Molucas
Ponto culminanteBinaiya (3,027 m) m
Área74 505 km²  km²
Geografia humana
População1895000 (2000)
IndonesiaMalukuIslands.png
Localização das Molucas (verde claro) na Indonésia.

Ilhas Molucas (ou Malucas, do árabe Jazirat al-Muluk, "ilha dos reis"[1]) são um arquipélago da Insulíndia que faz parte da Indonésia, localizado entre Celebes (Sulawesi) e a Nova Guiné. É limitado a sul pelo Mar de Arafura, a oeste pelos mares de Banda e das Molucas e a norte pelo Mar das Filipinas e a noroeste pelo Mar de Celebes.

Nos séculos XVI e XVII, as ilhas correspondentes à atual província das Molucas do Norte eram chamadas "Ilhas das Especiarias". Àquela época, a região era a única fornecedora mundial de noz-moscada e cravo-da-índia, especiarias extremamente valorizadas nos mercados europeus, vendidas por mercadores árabes à República de Veneza a preços exorbitantes, com os negociantes a nunca divulgarem a localização exata da origem, pelo que nenhum europeu conseguia deduzir a sua origem.

Em 1511-1512, os portugueses foram os primeiros europeus a chegar às Molucas, em procura das afamadas especiarias. Os Holandeses, os espanhóis e reinos locais, como Ternate e Tidore, disputaram o controle do lucrativo comércio de especiarias. As árvores de noz-moscada e cravo-da-Índia foram posteriormente transplantadas no mundo inteiro, o que reduziu a importância internacional da região.

Geografia

Tidore vista de Ternate
O vulcão de Banda Api, com 640 m de altitude, o mais ativo da cadeia de vulcões do Mar de Banda.

As ilhas Molucas são constituídas por cerca de 1.000 ilhas vulcânicas (com alguns vulcões ativos) localizadas na Placa Euroasiática, mas muito próximas dos limites das placas filipina e australiana.

A totalidade das Molucas formaram uma única província da Indonésia entre 1950 e 1999, quando os distritos das Molucas do Norte e de Halmaera foram desmembrados e unidos na nova província das Molucas do Norte. Os distritos restantes permaneceram na província das Molucas.

A província indonésia das Molucas do Norte (Maluku Utara, em indonésio) compreende a porção setentrional do arquipélago das Molucas. Sua capital é Ternate. A província possui uma população de 870 000 habitantes (2004) e uma área de 31 652 km².

A província indonésia das Molucas (Maluku, em indonésio) compreende a porção meridional do arquipélago das Molucas. Sua capital é Ambon. A província possui uma população de 1 313 022 habitantes (2004) e uma área de 46 975 km².

Molucas do Norte:

Província das Molucas: