Ilhas Cocos (Keeling)

Disambig grey.svg Nota: Se procura as ilhas quase homónimas administradas por Mianmar, veja Ilhas Coco.
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde setembro de 2019). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não acadêmico)
Cocos (Keeling) Islands
Pulu Kokos (Keeling) (malaio das Ilhas Cocos)
Wilayah Kepulauan Cocos (Keeling) (malaio)

Território das Ilhas Cocos (Keeling)
Bandeira das Ilhas Cocos
Armoiries des îles Cocos.svg
BandeiraBrasão
Lema: Maju Pulu Kita (Vá em Frente, Nossa Ilha)
Gentílico: das Ilhas Cocos

Localização

Localização da Ilha Cocos
CapitalWest Island
Cidade mais populosaWest Island
Língua oficialnenhuma em nível oficial, sendo as mais usadas: malaio e inglês
GovernoTerritório externo da Austrália
 - Administradora das IlhasNatasha Griggs
 - Anexação pelo Império Britânico1857 
 - Transferência da administração para o governo da Austrália1955 
Área 
 - Total14 km² 
População 
 - Estimativa para 2014596 hab. 
MoedaDólar australiano ($AU) (AUD)
Fuso horárioUTC +6:30

Mapa

As Ilhas Cocos ou dos Cocos, ou Ilhas Keeling (conhecidas oficialmente como Ilhas Cocos (Keeling); em inglês: Cocos (Keeling) Islands, são um dos territórios da Austrália, com cerca de 630 habitantes (2005). Este arquipélago australiano de 14 km², tem 27 ilhas, mas apenas Home Island e West Island (a capital) são habitadas.

Situadas no Oceano Índico, a noroeste da Austrália e a cerca de 580 milhas a sudoeste de Java, são cobertas por uma floresta tropical úmida. Muitas aves, rica vegetação e uma variedade de vida marinha. As ilhas também têm terreno acidentado e várias quedas de água. Formam dois atóis de coral densamente cobertos por coqueiros.

História

As ilhas eram desabitadas em 1609, quando o capitão britânico William Keeling, da Companhia das Índias (East India Company) as descobre.

Em 1827, John Clunies-Ross, marinheiro escocês, funda uma colónia composta por habitantes malaios. Posteriormente, em 1831, as ilhas tornam-se propriedade da família Clunies-Ross. Seis anos mais tarde, em 12 de abril de 1836, chegando às Ilhas Cocos, Charles Darwin escreve a Teoria da Formação dos Atóis e Recifes de Coral. Em 1857, o território é formalmente anexado pelo Reino Unido, tornando-se uma colónia da Coroa. Fez parte de Ceilão entre 1878 e 1886 e entre 1942 e 1946, e dos Estabelecimentos dos Estreitos entre 1886 e 1942. Entre 1946 e 1951, foi agregado a Singapura.

O governo australiano assume o controle do arquipélago a partir de 1955, comprando quase todas as propriedades dos Clunies-Ross em 1978. A administração local ganha maior autonomia com a criação, em 1979, do Conselho das Ilhas Cocos. Após um plebiscito que aprova a integração do arquipélago à Austrália, em 1984, a população recebe cidadania australiana plena.

Em 1993, a família Clunies-Ross perde as últimas posses para o governo australiano.