História da termodinâmica

Question book-4.svg
Este verbete cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde abril de 2017). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser acadêmico)
O "Motor de Savery" de 1698 – a primeira máquina a vapor com utilidade comercial foi construída por Thomas Savery

A história da termodinâmica é um ramo fundamental da história da física, da história da química e da história da ciência em geral e teve início no começo do século XIX. Devido à relevância da termodinâmica na ciência e na tecnologia, sua história está intimamente ligada ao desenvolvimento da mecânica clássica, da mecânica quântica, do magnetismo e da cinética química[1] e nas ciências aplicadas como a meteorologia, a teoria da informação, a fisiologia, e no desenvolvimento de várias tecnologias tais como o motor a vapor, o motor a combustão, a criogenia e a geração de eletricidade. O desenvolvimento da termodinâmica contribuiu para a teoria atômica e dela recebeu contribuições significativas. Também levou a novos conhecimentos na probabilidade e na estatística.

A termodinâmica surgiu em 1650, Otto Von Guericke foi seu criador. Ele foi o responsável pela criação da primeira bomba de vácuo do mundo. Anos depois Robert Boyle tomou conhecimento dos experimentos de Otto, e juntamente com Robert Hooke, construiu uma bomba de ar. Com essa bomba, Boyle e Hooke perceberam a relação entre pressão, volume e temperatura, com essa descoberta Boyle formulou uma lei que estabelece que a pressão e o volume são inversamente proporcionais. Essa lei ficou conhecida como Lei de Boyle.

Contribuições de tempos antigos

Pessoas importantes na história da termodinâmica.[2]

Por volta do ano 3000 a.C. os egípcios relacionavam o calor com o fogo. Hoje sabe-se que a termodinâmica é o ramo da física que estuda as relações de troca entre o calor e o trabalho realizado na transformação de um sistema físico. Ou seja, ela estuda como a variação da pressão, da temperatura e do volume interfere nos sistemas físicos. O estudo da termodinâmica surgiu da necessidade aumentar a eficiência das máquinas térmicas. O conhecimento dessas relações permitiu que Thomas Savery criasse a primeira máquina a vapor.[3]

As primeiras máquinas a vapor surgiram na Inglaterra durante o século XVIII. Elas eram usadas para retirar água acumulada nas minas de ferro e carvão e para fabricar tecidos. Com essas máquinas, a produção de mercadorias e os lucros dos burgueses donos de fábricas aumentaram muito. As fábricas se espalharam rapidamente pela Inglaterra e provocaram mudanças tão profundas que aquele período ficou conhecido como Revolução Industrial. Como essas máquinas substituíram a força dos cavalos, convencionou-se em medir a potência desses motores em cavalo-vapor.[carece de fontes?]