Goiás Esporte Clube

Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2016). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser acadêmico)
Goiás
GoiasEC2019.png
NomeGoiás Esporte Clube
Torcedor/AdeptoEsmeraldino
Alviverde
Verdão
MascotePeriquito
Principal rivalVila Nova
Atlético Goianiense
Fundação6 de abril de 1943 (76 anos)
EstádioHailé Pinheiro
Capacidade12 500 pessoas[1]
LocalizaçãoGoiânia, Brasil
Mando de jogo emSerra Dourada
Capacidade (mando)41 574 pessoas[1]
PresidenteBrasil Marcelo Almeida[2]
TreinadorNey Franco
PatrocinadorBrasil All Invest
Material (d)esportivoBrasil Gr33n (Marca própria)
CompetiçãoCampeonato Goiano
Copa do Brasil
Série A
Copa Verde
Ranking nacionalBaixa 24.º lugar, 6 432 pontos[3]
Website[1]
Cores do TimeCores do TimeCores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do TimeCores do TimeCores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

Goiás Esporte Clube é uma agremiação esportiva sediada na cidade de Goiânia, no estado brasileiro de Goiás. Tem como cores o verde e o branco (alviverde) e atualmente manda seus jogos no Estádio Hailé Pinheiro no campeonato estadual e reveza entre Serra Dourada e Olímpico nas competições nacionais.

Fundado em 6 de abril de 1943, o Goiás disputou o Campeonato Brasileiro pela primeira vez em 1967 (durante a nona edição da então Taça Brasil). É o único clube goiano a ter participado da Copa Libertadores da América e a ter chegado a uma final de Copa Sul-Americana e de Copa do Brasil. Além disso, é o maior campeão do torneio estadual com 28 títulos goianos, sendo um pentacampeonato entre 1996 a 2000.

O Verdão da Serra, como é chamado por sua torcida, também conquistou o Campeonato Brasileiro da Série B em 1999 e 2012, e 3 edições da Copa Centro-Oeste, em 2000, 2001 e 2002,[4] tendo alcançado a terceira colocação no Campeonato Brasileiro Série A de 2005 na sua campanha mais destacada, além de vencer os torneios Manoel dos Reis e Silva, em 1971, quando derrotou na final o Alianza Lima do Peru, e campeão em 2015 da Granada Cup,[5] sendo assim a agremiação mais vitoriosa da região.

Segundo a Pluri Consultoria, a Serpes e a Ibope o Goiás possui a maior torcida da capital, do estado e da Região Centro-Oeste.[6] Seus rivais são o Vila Nova — com quem disputa o Derby do Cerrado, considerado o maior clássico da região — e o Atlético Goianiense.

História

Fundação

O clube foi fundado em 6 de abril de 1943. Idealizado por Lino Barsi, foi na calçada, embaixo de um poste, que surgiram os primeiros passos de um sonho, chamado Goiás Esporte Clube. Para jogar a primeira partida de sua história, contra o Atlético Goianiense, o time sem recursos, utilizou camisas (verdes com listas horizontais brancas) doadas pelo América de Araguari. Só que os mineiros só puderam dar nove camisas e foi preciso completar com duas inteiras brancas.

Por mais de 20 anos, o clube permaneceu pequeno. Sem dinheiro e ainda tímido próximo aos grandes do estado, durante as décadas de 1950 e 1960, o Goiás foi chamado jocosamente pelos rivais de "Clube dos 33" – brincadeira de que seria esse o número de torcedores que o clube tinha. Além da fama de impopular, o time também era considerado perdedor: foram anos, em que o único brilho vinha do atacante Tão Segurado, que vestiu a camisa esmeraldina entre 1954 e 1961 e foi o primeiro jogador do time a ser artilheiro do Campeonato Goiano, em 1956.