Gengis Khan
English: Genghis Khan

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Genghis Khan (desambiguação).
Gengis Khan
Grande Cã do Império Mongol
Representação do século XIV
ReinadoPrimavera de 120618 de agosto de 1227
ConsorteBörte Üjin Khatun
Kunju Khatun
Khulan Khatun
Yesugen Khatun
Yesulun Khatun
Isukhan Khatun
Gunju Khatun
Abika Khatun
Gurbasu Khatun
Chaga Khatun
Moge Khatun
Sucessor(a)Ögedei Khan
CasaBorjigin
Nome de nascimentoTemüjin
Nascimento1162
 Montanhas Khentii, Mongólia
Morte18 de agosto de 1227 (65 anos)
 Desconhecido
Filho(s)Jochi
Djaghatai Khan
Ögedei
Tolui Khan
PaiYesugei
MãeHoelun

Gengis Khan, grafado também como Genghis Khan (em mongol: Чингис Хаан; transl.: Tchinghis Khaan; 116218 de agosto de 1227) foi o título de um conquistador e também, atualmente, o nome do imperador mongol (), nascido com o nome de Temudjin nas proximidades do rio Onon, perto do lago Baikal.[1]

Gengis Khan nasceu cercado de lendas sobre a vinda de um lobo cinzento que devorava toda a Terra. Ainda jovem matou o lobo e ficou muito famoso em sua tribo, enfrentou a rejeição de sua família por seu próprio clã, mas voltaria para conquistar sua liderança, vencer seus rivais de clãs distintos e unificar os povos mongóis sob seu comando. Estrategista brilhante, com hábeis arqueiros montados à sua disposição, venceu a Muralha da China, conquistou aquele país e estendeu o seu império em direção ao oeste e ao sul. Gengis morreria antes de ver seu império alcançar sua extensão máxima, mas todos os líderes mongóis posteriores associariam sua própria glória às conquistas de Gengis Khan, "que foi um dos comandantes militares mais bem sucedidos da história da humanidade".[2] Segundo levantamento feito pela revista Mundo Estranho, ele foi o imperador que mais conquistou territórios na história, dominando quase 20 milhões de km² (o equivalente a 2,3 vezes do território brasileiro).[3]

Juventude

Temudjin nasceu na Mongólia na década de 1160, provavelmente em 1162. Supõe-se que seja descendente de um líder mongol conhecido como Kabul Khan, do clã Bojigin, que por breves anos obteve controle sobre uma Mongólia unificada. Entretanto, na época do nascimento de Temudjin, os mongóis estavam divididos em diversas tribos e clãs, cada uma governada por um , ou "Senhor", que se impunha mais pela força do que pela ascendência nobre[1]. Com Temudjin não seria diferente. Quando tinha nove anos, Temudjin foi ao clã dos Mercitas para escolher uma esposa e refazer a paz entre os clãs (há muito tempo, seu pai havia roubado a esposa do Khan dos Merkitas e se casado com ela, ela era a mãe de Temudjin), mas no caminho, parou para pernoitar num clã aliado, os Onggirat, aonde se apaixonou por Borte. Pediu ao pai para praticar a escolha de esposas ali, porém, ao invés de apenas praticar, escolheu oficialmente Borte como sua noiva. No caminho de volta, seu pai, Yesugei, foi envenenado por membros da tribo dos tártaros. Sem que os filhos de Yesugei tivessem idade para assumir o controle da tribo, esta passou a ser comandada por um novo Khan, Targutai, ex-soldado de Yesugei, que expulsou a família do clã para evitar futura contestação de sua liderança, forçando-os a sobreviver nas estepes, sem gado ou cavalos.

Passou a infância inteira tentando fugir do algoz Targutai. Quando tinha 16 anos, a fim de cimentar alianças entre a sua tribo e tribo de sua esposa, Börte, teve quatro filhos que receberam os nomes: Jochi (1185-1226)[nota 1] , Chagatai (1187-1241), Gedei (1189-1241), e Tolui (1190-1232)[4]. Ele também teve outros filhos de outras mulheres, mas seus nomes não são lembrados porque não recebem uma herança que lhes dartam autoridade no clã. Aos 17 anos conseguiu reencontrar Börte, casando-se.[nota 2]