Funções químicas

Em química, o grupo de algumas substâncias compostas que possuem propriedades químicas semelhantes , denominadas. propriedades funcionais, recebe o nome de função química.Quando um determinado elemento possui características como acidez ou basicidade, solubilidade em água, reatividade de acordo com determinada função química, diz-se que este pertence a esta função química. As funções químicas são divididas de acordo com a divisão clássica.

Existem quatro tipos de função inorgânica: óxido, ácido, base e sal. O critério de classificação dessas funções é o tipo de íons que se formam quando ela é dissolvida em água.

Em função da natureza inexistente dos compostos químicos, as funções podem primariamente ser divididas entre funções inorgânicas que são as funções de compostos que não possuem cadeia carbônica, que é a principal característica desses compostos.

Óxidos

Ver artigo principal: Óxido

Óxidos são compostos binários em que o elemento oxigênio apresenta número de oxidação igual a -2 e é o mais eletronegativo da fórmula tornando-o o mais potente elemento.

As propriedades de um óxido dependem das características específicas do elemento formador.

Classificação dos óxidos

Classificação dos óxidos[1][2]
Tipo Descrição
Óxidos Neutros Sendo uma das parte que compõem o composto binário, um elemento ametal e a outra o elemento Oxigênio, possuem ligação covalente e não reagem a água, base e ácidos.
Exemplo:

Óxidos Básicos Sendo uma das parte que compõem o composto binário, um elemento metal com baixo número de oxidação (+1 e +2, exceto Pb, Zn, As, Sb e Sn, os quais formam sempre óxidos anfóteros) e a outra o elemento Oxigênio, possuem ligação iônica.
Exemplo:

Óxidos Duplos ou Mistos Sendo ambas partes que compõem o composto binário são óxidos idênticos.
Exemplo:

óxidos Anfóteros Sendo uma das parte que compõem o composto binário, ache como óxido ácido na presença de uma Base e como óxido base na presença de um ácido.
Exemplo:

Óxidos Ácidos Sendo uma das parte que compõem o composto binário, um elemento ametal e a outra o elemento Oxigênio, possuem ligação covalente, na presença de [água, torna-se ácido e com uma base, torna-se sais mais água.
Exemplo:

Peróxidos Sendo uma das parte que compõem o composto binário, um elemento e a outra o elemento Oxigênio, possuem em sua Fórmula o grupo .
Exemplo:

Obs: os óxidos anfóteros se comportam como óxidos básicos na presença de ácidos e como óxidos ácidos na presença de bases.

Obs2: os óxidos mistos são a "soma" dos óxidos formados por um elemento, ou seja, é uma nuvem com todos os tipos de óxidos desse elemento:

Nomenclatura dos óxidos

a) para qualquer óxido

prefixo + óxido de + prefixo + elemento

Exemplos:

= tetróxido de triferro de ferro(3)
= trióxido de dinitrogênio (2)

b) para elementos com nox fixo

óxido de + elemento

Exemplos:

- óxido de sódio
- óxido de alumínio

c) para elementos que não apresentam nox fixo

óxido + elemento + sufixo OU óxido de + elemento + nox em algarismo romano

Exemplos:

= óxido ferroso ou óxido de ferro II
= óxido férrico ou óxido de ferro III

d) para óxidos ácidos (ou anidridos) apenas

anidrido + prefixo + elemento + sufixo
Nomenclatura para óxidos ácidos (ou anidridos)
nox prefixo sufixo
+1 ou +2 hipo oso
+3 ou +4 - oso
+5 ou +6 - ico
+7 (hi)per ico

Exceções: para os elementos B+3, C+4 e Si+4 só se usa o sufixo "ico".

Exemplos:

= anidrido carbônico
= anidrido permangânico

Nomenclatura dos peróxidos

peróxido de + elemento

Exemplos:

= peróxido de hidrogênio
= peróxido de potássio

Nomenclatura dos superóxidos

superóxido de + elemento

Exemplo:

= superóxido de sódio