Estados físicos da matéria

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Estado (desambiguação).
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde março de 2016). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser acadêmico)
Searchtool.svg
Esta página foi marcada para revisão, devido a incoerências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde agosto de 2016). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e a coerência e o rigor deste artigo.


Observação: Líquido compressível também é reconhecido em muitos lugares como Líquido comprimido.

Fases ou estados da matéria são conjuntos de configurações que objetos macroscópicos podem apresentar. O estado físico tem relação com a velocidade do movimento das partículas de uma determinada substância. Canonicamente e segundo o meio em que foram estudados, são quatro os estados ou fases considerados:[1]

Outros tipos de fases da matéria, como o condensado de bose-einstein ou o supersólido[2] são estudados em níveis mais avançados de física. As características de estado físico são diferentes em cada substância e dependem da temperatura e pressão em que ela se encontra.[3]

Os estados físicos clássicos

Há muitas discussões sobre quantos estados da matéria existem, porém as versões mais populares atualmente são de que a matéria somente tem três estados: sólido, líquido e gasoso. Mas há também outros que, ou são intermediários ou pouco conhecidos. Por exemplo: os vapores,[4] que nada mais são uma passagem do estado líquido para o gasoso na mesma fase em que o gás, porém quando está em estado gasoso, não há mais possibilidade de voltar diretamente ao estado líquido; já quando em forma de vapor, pode ir ao estado líquido, desde que exista as trocas de energia necessárias para tal fato.[3] Por isto que diz comumente "vapor d´água".

Se colocarmos os estados físicos da matéria em ordem crescente, conforme a quantidade de energia que cada um possui, teremos:

Condensado de Bose-EinsteinSólidoLíquidoGasosoPlasma

  • Estado sólido considera-se que a matéria do corpo mantém a forma macroscópica e as posições relativas das suas partículas, as moléculas se encontram próximas umas das outras com forte atração entre elas, nestas condições, possui forma e volume próprio, independentemente do corpo onde se encontra e ainda o movimento é praticamente nada. É particularmente estudado nas áreas da estática e da dinâmica.
  • Estado líquido, o corpo mantém a sua quantidade de matéria e aproximadamente o seu volume. A forma e posição relativa das suas partículas é variável se adaptando conforme o corpo. As moléculas estão relativamente próximas, e a força de atração é mediana, assim como os movimentos. É particularmente estudado nas áreas da hidrostática e da hidrodinâmica.
  • Estado gasoso, o corpo mantém apenas a quantidade de matéria, podendo variar amplamente a forma e o volume, as partículas possuem força de atração nula e movimentos bruscos (agitação térmica). É particularmente estudado nas áreas da aerostática e da aerodinâmica.
  • Plasma é o estado em que a maioria da matéria se encontra no universo. Sabe-se que qualquer substância pode existir em três estados: sólido, líquido e gasoso, cujo exemplo clássico é a água que pode ser gelo, água em estado líquido e vapor de água. Todavia há pouquíssimas substâncias que se encontram nestes estados, que se consideram indiscutíveis a difundidos, mesmo tomando o Universo no seu conjunto. É pouco provável que superem o que em química se considera como restos infinitamente pequenos. Toda a substância restante do universo subsiste no estado denominado plasma.[5]