Edwin Willis

Edwin O. Willis
Conhecido(a) porOrnitologia, formigas de correição, aves seguidoras de correição, Dendrocolaptidae, Fragmentação de habitat, comportamento animal
NascimentoEdwin O'Neill Willis
1935
Russellville
Morte11 de abril de 2015
Rio Claro
Nacionalidadeestadunidense
CônjugeYoshika Oniki
InstituiçõesUNICAMP, Campinas SP

UNESP, Rio Claro, SP

Edwin O’Neill Willis (Russellville, 1935Rio Claro, 11 de abril de 2015) foi um [1][2] estadunidense. Estudou e pesquisou aves nos Estados Unidos, Panamá, Colômbia, Peru, na Amazônia e em todo o Brasil.[1] Ele foi um dos mais destacados cientistas da ornitologia brasileira.[3][4]

Edwin Willis se graduou em biologia no Instituto Politécnico da Virgínia em 1956 e em 1958 concluiu mestrado em zoologia na Universidade do Estado da Louisiana. Seu doutorado em zoologia na Universidade da Califórnia de Berkeley foi obtido em 1964. Depois ele fez pós-doutorado no Museu Americano de História Natural, em 1966.[5]

Passou a residir no Brasil, onde lecionou na Unicamp e casou-se com a também ornitóloga Yoshika Oniki, com quem ele publicou em 2003 o livro Aves do estado de São Paulo,[6] em que descrevem todas as espécies de aves do estado de São Paulo e apresentam pranchas coloridas de cada ave feitas por Tomas Sigrist. Também foi co-autor junto com sua esposa, do livro Bibliography of Brazilian Birds: 1500-2002,[7] em relacionam todas as obras sobre aves do Brasil publicadas ao longo de cinco séculos.[5]

Willis era professor titular da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho e se aposentou em 2005. Tinha grande experiência na área de zoologia, especialmente comportamento animal. Ele atuava principalmente nos temas thamnophilidae, dendrocolaptidae, comportamento, ecologia e formigas de correição. Sua extensa obra expandiu o conhecimento científico sobre a ecologia de inúmeras aves dos neotrópicos.[3][4][5]

Homenagens

Willisornis é um gênero de ave da família Thamnophilidae que homenageia Edwin Willis.[8]

Referências

  1. a b «Edwin O'Neill Willis (1935-2015)» (PDF). Atualidades Ornitológicas. 184: 30. Consultado em 26 de julho de 2015. 
  2. «Morre em RC o professor da Unesp, Edwin O'Neill Willis». www.jornalcidade.net. 15 de abril de 2015. Consultado em 27 de Julho de 2015. 
  3. a b Willis, E. O. (1979). «The composition of avian communities in remanescent woodlots in southern Brazil». Papéis Avulsos de Zoologia (São Paulo) (em inglês). 33: 1-25. 0031-1049 
  4. a b Willis, E.O. (1974) (2002). Robin L. Chazdon, Timothy Charles Whitmore (eds.) Foundations of Tropical Forest Biology: Classic Paper With Commentaries, ed. Populations and Local Extinctions of Birds on Barro Colorado Island, Panamá. Ecological Monographs 44:153-169 (em inglês). Chicago: University of Chicago Press. p. 727-743. ISBN 9780226102252 
  5. a b c Ragusa-Netto, José (31 de dezembro de 2015). «Obituary: Dr. Edwin O'Neill Willis (1935-2015)». Revista Brasileira de Ornitologia - Brazilian Journal of Ornithology (em inglês). 23 (2): 79-86. 2178-7875 
  6. Willis, Edwin O; Oniki, Yoshika (2003). Aves do estado de São Paulo. Rio Claro: Divisa. ISBN 9788590267621 
  7. Oniki, Yoshika; Willis, Edwin O'Neill (2002). Bibliography of Brazilian Birds 1500-2002. Rio Claro: Divisa Editora. ISBN 9788590267614 
  8. Carlos Eduardo Agne & Jose Fernando Pacheco (2008). «Reassign Dichropogon to Willisornis». South American Classification Committee. Consultado em 27 de Julho de 2015.