E-mail

Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde junho de 2016). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser acadêmico)
A arroba @ é uma parte do endereço de e-mail[1][2]

Um correio eletrônico (português brasileiro) ou correio eletrónico (português europeu) ou, ainda, e-mail,[3] é um método que permite compor, enviar e receber mensagens através de sistemas eletrônicos de comunicação. O termo "e-mail" é aplicado tanto aos sistemas que utilizam a Internet e que são baseados nos protocolos POP3, IMAP e SMTP, como àqueles sistemas conhecidos como intranets, que permitem a troca de mensagens dentro de uma empresa ou organização e que são, normalmente, baseados em protocolos proprietários.

O correio eletrônico é mais antigo que a internet,[4] e foi, de fato, uma ferramenta crucial para criá-la,[5] mas, na história moderna, os serviços de comunicação globais iniciaram no início da RFC 561). A conversão da ARPANET à internet no início de 1980 produziu o núcleo dos serviços atuais. Um e-mail enviado no início de 1970 parece muito semelhante a uma mensagem de texto dos dias atuais.

Ortografia

O correio eletrônico é, frequentemente, chamado pelo seu nome em inglês, mesmo em textos em português. Existem diversas grafias, que, ocasionalmente, provocam discussões entre os adeptos de cada forma:[6][7]

  • email é a forma exigida nos documentos RFC (Request for Comments) e grupos de trabalho do IETF[8] e também cada vez mais por guias de estilo.[9][10][11] Esta grafia também aparece na maioria dos dicionários de língua inglesa.[12][13][14][15][16][17]
  • e-mail é uma forma recomendada anteriormente por alguns guias de estilo técnicos e jornalísticos. De acordo com dados do Corpus of Contemporary American English, essa forma aparece mais frequentemente em textos editados e publicados em inglês americano.[18]
  • mail era a forma usada no RFC original. O serviço é chamado de mail (correio) e uma peça específica de correspondência eletrônica é chamada mensagem.[19][20][21]
  • eMail, apenas com o M maiúsculo, era comum entre os utilizadores da ARPANET e os primeiros desenvolvedores do Unix, CMS, AppleLink, eWorld, AOL, GEnie e Hotmail.[carece de fontes?]
  • EMail é uma forma tradicional usada nos RFCs na seção "Author's Address" (que contém informações de contato do autor)[20][21] e é expressamente exigida "por razões históricas".[22]
  • E-mail, capitalizando apenas a letra inicial E, é usada às vezes como em abreviações similares em inglês, tais como A-bomb (bomba atômica), H-bomb (bomba de hidrôgênio) e C-section (cesariana).[23]

Também há variações na forma plural do termo. Em inglês americano, email é usado como um substantivo coletivo (como o termo correspondência para itens enviados pelo sistema postal), mas, no inglês britânico, é mais comumente usado como um substantivo comum, com a forma plural emails.[carece de fontes?]