Denominação cristã

Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde janeiro de 2019). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde outubro de 2015). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser acadêmico)

Denominação (ou confissão) cristã é uma organização religiosa cristã que funciona com um nome, uma estrutura e uma doutrina própria.

Denominacionalismo é o ponto de vista segundo o qual alguns ou todos os grupos cristãos são, em algum sentido, versões da mesma coisa, apesar de suas características distintivas. Nem todas as denominações ensinam isto: a grande maioria dos cristãos pertence a Igrejas que, embora aceitem a validade parcial de outros grupos, entendem a multiplicação de vertentes como um problema que deve ser sanado. Há também alguns grupos que são vistos como apóstatas ou heréticos por praticamente todos os outros. Todavia, quando há denominações e cristãos que confessam o denominacionalismo universal no qual há ecletismo e sincretismo de crenças, doutrinas e dogmas, tal prática (combatida por diversos cristãos e defendida por outros) recebe o nome de Ecumenismo.

As divisões mais básicas no cristianismo contemporâneo ocorrem entre o Igreja Católica Romana, a Igreja Católica Ortodoxa e as várias denominações formadas durante e depois da Reforma Protestante. As maiores diferenças entre Ortodoxia e Catolicismo são culturais e hierárquicas, enquanto as denominações Protestantes apresentam diferenças teológicas mais acentuadas para com as duas primeiras, bem como grande diversificação doutrinária entre suas vertentes.

As comparações entre grupos denominacionais devem ser feitas com cautela. Em alguns grupos, por exemplo, congregações são parte de uma organização eclesiástica monolítica, enquanto que, em outros grupos, cada congregação é uma organização autônoma independente. Comparações numéricas também são problemáticas. Alguns grupos contam como membros tanto os adultos batizados quanto os filhos batizados dos fiéis, enquanto outros somente contabilizam os fiéis adultos.

História

Por algumas décadas após a fundação da Igreja em Pentecostes, a Igreja Cristã é simplesmente chamada "Igreja". [1] Aqueles que fazem parte dela são chamados de "cristãos", com o nome de Jesus. Este qualificador de "khristianoï" parece aparecer em Antioche por volta do ano 44. [2]