Darwin (sistema operacional)

  • darwin
    versão do sistema operativo unix
    produção apple inc.
    modelo open source
    lançamento 15 de novembro de 2000 (18 anos)
    versão estável 13.3.0 /30 de julho de 2014; há 4 anos
    arquitetura(s) powerpc, x86, arm
    núcleo híbrido
    interface interface de linha de comando
    licença principalmente apple public source license, com drivers proprietários[1]
    página oficial apple - open source (em inglês)., acessado pela última vez há 6 semanas e 5 dias
    estado de desenvolvimento
    corrente

    o darwin é um sistema operativo livre, baseado no unix bsd e no mach, atualmente desenvolvido pela apple inc. É o core do mac os x. inclui suporte avançado para rede.

    segundo especialistas da apple, o darwin é uma grande evolução, graças aos esforços conjuntos dos engenheiros da apple e de programadores da comunidade de software livre. deve-se citar que, em 1999, a apple se tornou a primeira grande empresa de computadores a tornar o desenvolvimento em código aberto parte fundamental de sua estratégia. por causa disso, o darwin tornou-se confiável e tem o desempenho esperado de um sistema operativo moderno, dando aos utilizadores e aos programadores os benefícios de um sistema de alta qualidade construído em padrões abertos. no núcleo do darwin está o componente chave da interacção entre programas e máquina, o kernel.

    referências

  • ligações externas

Darwin
Versão do sistema operativo Unix
Produção Apple Inc.
Modelo Open source
Lançamento 15 de novembro de 2000 (18 anos)
Versão estável 13.3.0 /30 de julho de 2014; há 4 anos
Arquitetura(s) PowerPC, x86, ARM
Núcleo Híbrido
Interface Interface de linha de comando
Licença Principalmente Apple Public Source License, com drivers proprietários[1]
Página oficial Apple - Open Source (em inglês)., acessado pela última vez há 6 semanas e 5 dias
Estado de desenvolvimento
Corrente

O Darwin é um sistema operativo livre, baseado no UNIX BSD e no Mach, atualmente desenvolvido pela Apple Inc. É o core do Mac OS X. Inclui suporte avançado para rede.

Segundo especialistas da Apple, o Darwin é uma grande evolução, graças aos esforços conjuntos dos engenheiros da Apple e de programadores da comunidade de software livre. Deve-se citar que, em 1999, a Apple se tornou a primeira grande empresa de computadores a tornar o desenvolvimento em código aberto parte fundamental de sua estratégia. Por causa disso, o Darwin tornou-se confiável e tem o desempenho esperado de um sistema operativo moderno, dando aos utilizadores e aos programadores os benefícios de um sistema de alta qualidade construído em padrões abertos. No núcleo do Darwin está o componente chave da interacção entre programas e máquina, o kernel.

Referências

  1. «Binary Drivers required for PureDarwin». Consultado em 20 de julho de 2009.