Década de 1980
English: 1980s

Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser acadêmico)

A década de 1980, também referida como década de 80 ou ainda anos 80, compreende o período de tempo entre 1 de janeiro de 1980 e 31 de dezembro de 1989.

SÉCULOS:Século XIXSéculo XXSéculo XXI
DÉCADAS:1930194019501960198019902000201020202030
ANOS:19801981198219831984198519861987198819891990

Acontecimentos mundiais

Foi um período bastante marcante para a história do século XX segundo o ponto de vista dos acontecimentos políticos e sociais: é eventualmente considerada como o fim da idade industrial e início da idade da informação, sendo chamada por muitos como a década perdida para a América Latina.

Guerras internacionais

Um grupo de Spetsnaz (forças especiais russas) se preparando antes de partir em uma missão no Afeganistão, 1988.

Nas guerras mais notáveis da época incluem-se;

Guerras civis e de guerrilha

Os conflitos internos mais notáveis nesta década foram:

Golpes

Os golpes de estado mais proeminentes da década incluem:

Ameaças nucleares

  • Operação Ópera - em 1981 um ataque aéreo surpresa israelita destruiu um reactor nuclear iraquiano em construção, em Osirak. A inteligência militar de Israel assumiu que este teria o propósito de produzir plutónio no programa de armas nucleares do Iraque. Os serviços secretos de Israel também acreditavam que o verão de 1981 seria a sua última hipótese de destruir o reactor antes de ele ser carregado com combustível nuclear.
  • A decisão do Presidente Ronald Reagan de estacionar misseis nucleares de médio alcance na Europa Ocidental provocou uma vaga de protestos que envolveram mais de um milhão de pessoas.
  • A Guerra Fria entre EUA e URSS quase se transformou em um holocausto nuclear por causa de uma falha nos sistemas de vigilância soviéticos. Em 26 de setembro de 1983, um satélite enviou ao centro de comando um falso alarme, indicando que os EUA haviam disparado cinco mísseis balísticos em direção ao bloco. Investigações posteriores indicaram que a falha foi causada pela má interpretação de reflexos da luz solar em nuvens.[1]

África

Os presidentes Mikhail Gorbatchov e Ronald Reagan deram um ponto final à Guerra Fria

Américas