Cracóvia
English: Kraków

Disambig grey.svg Nota: Para a antiga província, veja Voivodia de Cracóvia. Para a cidade parónima ucraniana, veja Carcóvia.
Cracóvia
Kraków
Flag of Krakow.svgPOL Kraków COA.svg
Krakow rynek 01.jpg
Rynek Główny
VoivodiaPequena Polônia (Małopolska)
PowiatKraków (Cidade com status de powiat)
Administrador municipalJacek Majchrowski
Área326,8 km²
População (2010)756 183 habitantes
Densidade2 313,9 hab/km²
Altitude188 - 383 m metros
Fundação5 de junho de 1257
WebsiteSite da Prefeitura de Cracóvia
Localização
19° 56' 14" E
Cidade da Polónia Flag of Poland.svg

Cracóvia (em polaco: Kraków; em latim: Cracovia; em alemão: Krakau)[1] é uma cidade da Polônia. Localiza-se no sul do país, nas margens do rio Vístula. Tem cerca de 853 mil habitantes. Uma das cidades mais antigas da Polônia e a segunda maior cidade do país. A capital da Polônia em 1039-1079, 1138-1290 e 1296-1596 (oficialmente até 1795), a principal cidade da coroação dos reis da Polônia e até 1609-1611 a cidade residencial dos reis da Polônia.

O Centro Histórico de Cracóvia foi inscrito pela UNESCO em 1978 na lista do Património Mundial. Citada como uma das cidades mais bonitas da Europa, bem como um dos destinos mais particulares no mundo, a cidade tem uma herança cultural extensa que atravessa as épocas do gótico, renascimento e barroco incluindo a Catedral Wawel e o Castelo Real nas margens do rio Vistula, a basilica de St. Maria, a Igreja dos Santos Pedro e Paulo e a maior praça medieval da Europa, a Rynek Główny. A cidade é sede de uma das mais antigas e prestigiosas universidades da Europa, a Universidade Jaguelônica.

Foi Capital Europeia da Cultura em 2000 e foi uma das subsedes do Campeonato Mundial de Voleibol de 2014. A cidade foi sede da Jornada Mundial da Juventude de 2016.[2]

A cidade sediou a Jornada Mundial da Juventude de 2016, o Ano Santo da Misericórdia, em honra a São João Paulo II, que instituiu a Festa da Divina Misericórdia, e a Santa Faustina Kowalska, impulsionadora desta devoção.

História

Foi atacada e devastada pelos mongóis em 1241, 1259 e 1287. Fez parte da Áustria, com o nome de Krakau, de 1795 a 1809 e de 1846 a 1914.