Condeixa-a-Nova

Condeixa-a-Nova
Brasão de Condeixa-a-NovaBandeira de Condeixa-a-Nova

Câmara Municipal de Condeixa-a-Nova.JPG
Câmara Municipal de Condeixa-a-Nova com monumento aos Combatentes Mortos na I Guerra Mundial em primeiro plano.
Localização de Condeixa-a-Nova
GentílicoCondeixense
Área138,68 km²
População17 078 hab. (2011)
Densidade populacional123,1  hab./km²
N.º de freguesias7
Presidente da
câmara municipal
Nuno Moita (PS)
Fundação do município
(ou foral)
1514
Região (NUTS II)Centro (Região das Beiras)
Sub-região (NUTS III)Baixo Mondego
DistritoCoimbra
ProvínciaBeira Litoral
OragoSanta Cristina
Feriado municipal24 de Julho (Santa Cristina)
Código postal3150
Municípios de Portugal Flag of Portugal.svg

Condeixa-a-Nova (por vezes dita pela forma sincopada de Condeixa) é uma vila portuguesa do distrito de Coimbra, situada na província da Beira Litoral, região do Centro (Região das Beiras) e sub-região do Baixo Mondego, com cerca de 5 100 habitantes. Situa-se a 10 km da capital do distrito.

O município

É sede de um município com 138,68 km² de área[1] e 17 078 habitantes (2011),[2][3] subdividido em 7 freguesias[4] que incluem um total de 88 lugares.[carece de fontes?] O município é limitado a norte pelo município de Coimbra, a leste por Miranda do Corvo, a sueste por Penela, a sudoeste e oeste por Soure e a noroeste por Montemor-o-Velho.

É um concelho que apresenta uma componente serrana, onde predomina a agricultura de subsistência e uma outra mais plana, em que a atividade agrícola é bastante mais rentável. Apesar de ser um município em que a população se dedica principalmente à agricultura, começam a implantar-se algumas industriais, resultantes certamente da sua localização estratégica.

Na freguesia do Sebal está implantada uma zona industrial onde sobressaem, entre outras, fábricas de indústria farmacêutica e de cerâmica para revestir pavimentos e paredes. A produção artesanal de louças pintadas à mão é uma atividade que ainda emprega muitas dezenas de pessoas, devido à grande percentagem destes artigos que se consegue enviar para exportação. A zona industrial de Condeixa, de 651.566 metros quadrados, encontra-se a 40 km do porto da Figueira da Foz, a 70 km do porto de Aveiro, a 130 km do Aeroporto do Porto e 200 km do Aeroporto de Lisboa.[5]

Bem perto de Condeixa-a-Nova, estão localizadas as Ruínas de Conímbriga, cujo Museu Monográfico constitui um pólo de grande interesse turístico e de investigação histórica. Segundo o jornal Expresso [6], o Museu de Conímbriga é o segundo mais visitado do país, ultrapassado apenas pelo Museu dos Coches em Lisboa.

Quanto à atividade sócio-cultural, há a destacar, entre outras, o Museu Monográfico de Conímbriga, a Casa Museu Fernando Namora, A Fundação de Condeixa e muitas associações espalhadas um pouco por todo o concelho.

É considerada por alguns como a Vila portuguesa com mais casas apalaçadas.[carece de fontes?] Podemos, num pequeno passeio encontrar o Palácio dos Costa Alemão, infelizmente já só temos uma pequena parte das ruínas da casa solarenga da Quinta de São Tomé, temos o Palácio dos Sotto Mayor, as atuais instalações da Câmara Municipal também eram um Palácio, na Praça da República temos mais uma casa senhorial e a recuperada Pousada de Santa Cristina, antigo palácio incendiado aquando das invasões francesas.