Comunicação não verbal

Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2016). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser acadêmico)

Comunicação não verbal é a comunicação que não é feita com fala verbal, ou que não é feita com a fala nem com a escrita. Diferentemente da comunicação inconsciente, que pode ser verbal ou não verbal. Compreende a expressão do pensamento por meio de elementos comunicativos sem o uso de palavras, como: placas, figuras, gestos, objetos, cores, ou seja, utiliza-se de simbologias textuais.

Linguagem corporal

É ela a responsável pela primeira impressão de uma pessoa. O investigador americano Ray Birdwhistell fez uma estimativa da proporção verbal/não verbal do comportamento e concluiu que até 55% da mensagem é transmitida via linguagem corporal. Ainda segundo o mesmo estudo, a voz é responsável por 38% e as palavras apenas por 7%.[1]

A linguagem corporal contribui para dar credibilidade à mensagem. Bons comunicadores dominam um assunto, mas também adotam a postura, os gestos, a conexão visual e a entonação de voz adequados.[2]

Uma pesquisa de 2006, conduzida por Alexander Todorov, psicólogo da Universidade de Princeton, nos Estados Unidos, mostra que as pessoas fazem julgamentos umas das outras em um décimo de segundo, apenas pela expressão dos seus rostos. Para chegar a esse resultado, ele pediu a cerca de mil voluntários que avaliassem fotos de candidatos ao Senado americano em 2002 e 2004.[3]

A gesticulação é um aspecto relevante da linguagem corporal. Desde pequenos, ao mesmo tempo em que os seres humanos aprendem a falar, são estimulados a fazer gestos com as mãos. David McNeill, psicólogo americano especialista na relação da linguagem com os pensamentos e os gestos, diz que gestos corporais são ações que transmitem um sentimento ou ideia e ocorrem simultaneamente ao gesto vocal. Paul Ekman, outro psicólogo americano, pioneiro no estudo das emoções e expressões faciais, defende que as gesticulações são manipuladas pela palavra e pelas ideias, sendo reproduções do pensamento.