Cavalo-marinho

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Cavalo-marinho (desambiguação).
Como ler uma infocaixa de taxonomiaHippocampus
cavalos-marinhos
Hippocampus sp.

Hippocampus sp.
Classificação científica
Reino:Animalia
Filo:Chordata
Classe:Osteichthyes
Subclasse:Actinopterygii
Ordem:Gasterosteiformes
Família:Syngnathidae
Género:Hippocampus
Cuvier, 1816
Espécies
47 espécies[1]

Hippocampus é um gênero de peixes ósseos, pertencente à família Syngnathidae, de águas marinhas temperadas e tropicais que engloba as espécies conhecidas pelo nome comum de cavalo-marinho.[2][3][1]

Descrição

Os cavalos-marinhos caracterizam-se por terem uma cabeça alongada, com filamentos que lembram a crina de um cavalo,[2] e por exibirem mimetismo semelhante ao do camaleão, podendo mudar de cor e mexer os olhos independentemente um do outro.[2][3] Nadam com o corpo na vertical, movimentando rapidamente as suas barbatanas.[2] Algumas espécies podem ser confundidas com plantas marinhas, como corais ou anêmonas marinhas. Geralmente medem entre 15 e 18 centímetros,[2] mas podem medir desde 13 a 30 centímetros, dependendo da espécie,[3] com peso entre 50 e 100 gramas. Vivem em águas de regiões de clima temperado e tropical.[4][2]

Todas as espécies de cavalos-marinhos estão em perigo de extinção.[2][3] Uma das causas é pesca predatória e a destruição de habitat.[3] Outra causa é o captura frequente deles para serem usados como peça de decoração ou simplesmente serem criados em um aquário.[3]

Existem duas espécies brasileiras de cavalos-marinhos, o Hippocampus erectus e o Hippocampus reidi.[2][3]