Carbúnculo

Nota: Se procura pela banda estadunidense, consulte Anthrax (banda); para a pedra preciosa, consulte Almandina.


Carbúnculo
Bacillus anthracis
EspecialidadeInfectologia, medicina veterinária
Classificação e recursos externos
CID-1022
CID-9022
DiseasesDB1203
MedlinePlus001325
eMedicinemed/148
MeSHD000881
A Wikipédia não é um consultório médico. Leia o aviso médico 

Carbúnculo ou antraz (em inglês, anthrax)[1] é uma doença infecciosa aguda provocada pela bactéria Bacillus anthracis, e a sua forma mais virulenta é altamente letal. É uma zoonose, pois o carbúnculo é uma doença comum dos animais herbívoros selvagens e domésticos, que pode afetar os seres humanos que forem expostos a animais, carne, lã ou couro infectados.[2]

Causa

O Bacillus anthracis é um bacilo grande Gram-positivo, com cerca de 8 micrómetros por 3, dispostos aos pares ou individualmente. O B. anthracis, como todos os do seu género, produz endósporos quando encontra situações de adversidade. Os esporos do B.anthracis são centrais, aparecendo a meio do bacilo como uma zona mais clara na técnica Gram.

Tem cápsula antifagocítica e produz dois tipos de toxina principais. A toxina causadora de edema é composta de uma porção que reconhece o receptor especifico na célula alvo, sendo internalizada por endocitose, e outra com actividade de adenilato ciclase, promovendo a secreção de liquidos. A toxina letal é citotóxica.

Transmissão

Os casos humanos de carbúnculo devem-se normalmente ao contato direto com animais infectados ou com couro, ou carne infectados. As vítimas geralmente têm profissões relacionadas com a manipulação de animais ou de produtos derivados.[3]

Virulência

Bacillus anthracis ao microscópio electrónico

Os esporos de carbúnculo têm cerca de 66 a 999 micrómetros, o que significa que podem ser retidos por um LBFV ou um filtro P100. O contágio mediato com carbúnculo disperso no ar pode ser evitado com uma máscara contra gases. As infecções através da pele podem ser evitadas por lavagem com água e sabão, desde que a pele não possua feridas.

A dose letal de carbúnculo é de 8000-10000 esporos. A bactéria do carbúnculo mata através de uma toxina. A virulência de uma variedade de carbúnculo depende da cápsula que a envolve e da toxina. Ambos não são afetados por fatores genéticos. "Os esporos podem sobreviver no solo durante anos, mas dependendo da quantidade de anos."

Rotas de infecção

Antraz pulmonar com alargamento do Mediastino

O carbúnculo pode entrar no corpo humano por três vias[3]:

  • Cutânea, por feridas na pele (quase 95% dos casos);
  • Gastrointestinal, ao consumir carne ou leite contaminados (4% dos casos);
  • Pulmonar, por inalação dos esporos (Menos de 1% dos casos);

O carbúnculo não é contagioso, é pouco provável que se espalhe de pessoa para pessoa. A infecção dá-se quase sempre por exposição a esporos, e não à forma ativa.