Cabul
English: Kabul

Afeganistão Cabul

كابل • Kabul

 
  Cidade  
Vista de Cabul
Vista de Cabul
Cabul está localizado em: Afeganistão
Cabul
Localização de Cabul no Afeganistão
Coordenadas34° 32' N 69° 10' E
ProvínciaCabul
Administração
- PrefeitoMuhammad Yunus Nawandish
Área
 - Urbana275 km²
 - Metro425 km²
Altitude1 750 m
População (2015) [1]
 - Metrópole4 635 000
    • Densidade metro10 905,9 hab./km²
Gentílicokabuli
Línguas mais faladasLíngua pastódari

Cabul ou Cábul[2] (em persa: کابل; transl.: Kābol, AFI: [kɒːbol]; em Língua pastó: کابل, Kābəl, AFI: [kɑbəl]) é a capital e mais populosa cidade do Afeganistão. Cabul é, também, a capital da província de Cabul. Localiza-se no vale do rio Cabul e tem 3 573 000 de habitantes em sua região metropolitana, de acordo com estimativa oficial de 2009.[1] que inclui tadjiques, hazaras e pachtuns, um número menor de afegãos pertencentes a outros grupos étnicos.[3] É a 64ª maior cidade[4] e a quinta que mais cresce no mundo.[5]

Cabul possui mais de 3 500 anos de idade; foi disputada por muitos impérios sobre o vale para a sua localização estratégica ao longo das rotas comerciais da Ásia Central e Meridional. Fazia-se no extremo leste do Império Medo antes de se tornar parte do Império Aquemênida. Em 331 a.C., Alexandre, o Grande, derrotou os Aquemênidas e a área tornou-se parte do Império Selêucida seguido pelo Império Máuria. Até o século I d.C., tornou-se a capital do Império Cuchana. Mais tarde, foi controlado pelo Xais de Cabul, o Império Safárida, o Império Gaznévida, o Império Gúrida e outros.[6]

História

Tem mais de 3 500 anos de história, tendo sido disputada por diversos impérios e reinos, devido à sua posição estratégica ao longo das rotas de comércio da Ásia Meridional e da Ásia Central.[6] É a capital afegã desde 1776.

É reconhecida pela sua recente e turbulenta história. Em 1979, o país foi invadido pela União Soviética, durando o seu domínio aproximadamente dez anos. Com a retirada das tropas soviéticas, deu-se início à guerra civil, sendo dominada pelos talibãs em 1996 e, finalmente, ocupada pela OTAN em 2001. Ultimamente, esses conflitos ganharam um destaque maior perante o mundo, devido ao best-seller The Kite Runner (O Caçador de Pipas) e pelo livro A Thousand Splendid Suns (A cidade do sol), escrito por Khaled Hosseini, que fugiu para os Estados Unidos aos dezessete anos de idade.

Todos estes conflitos acabaram por destruir a cidade, chegando até a haver uma suspensão no fornecimento de água potável e na energia da cidade. Desde o ano de 2003, a cidade tem se vindo lentamente a reconstruir.