Cabo Verde

Disambig grey.svg Nota: Cabo-verdiano redireciona para este artigo. Para a língua falada em Cabo Verde, veja crioulo cabo-verdiano. Para outros significados, veja Cabo Verde (desambiguação).
Cabo Verde
República de Cabo Verde
Bandeira de Cabo Verde
Brasão de Cabo Verde
BandeiraBrasão de Armas
Lema: Unidade, Trabalho, Progresso
Hino nacional: Cântico da Liberdade
Gentílico: cabo-verdiano[1]

Localização de Cabo Verde

CapitalPraia
14° 55' N 23° 31' O
Cidade mais populosaPraia
Língua oficialPortuguês
GovernoRepública unitária semipresidencialista[2]
 - PresidenteJorge Carlos Fonseca
 - Primeiro-ministroUlisses Correia e Silva
História 
 - Descoberta1460 
 - Independência
00• de Portugal

5 de Julho de 1975 
 - Multipartidarismo13 de Janeiro de 1990 
Área 
 - Total4 033 km² (146.º)
 - Água (%)0,08
População 
 - Estimativa para 2016553 432[3] hab. (167.º)
 - Censo de 2000436 821 hab. 
 - Urbana303 512 hab. (91.º)
 - Densidade118 hab./km² (65.º)
PIB (base PPC)Estimativa de 2013
 - TotalUS$ 2,305 mil milhões*[4] 
 - Per capitaUS$ 6 311[4] 
PIB (nominal)Estimativa de 2013
 - TotalUS$ 2,071 mil milhões*[4] 
 - Per capitaUS$ 4 089[4] 
IDH (2014)0,648 (122.º) – médio[5]
Gini (2002)50,5
MoedaEscudo cabo-verdiano (indexado ao euro)[6] (CVE)
Fuso horáriohorário de Cabo Verde - CVT (UTC-1)
 - Verão (DST)Não tem
ClimaÁrido
Org. internacionaisONU, OMC, CPLP, UA, CEDEAO,
Cód. ISOCPV
Cód. Internet.cv
Cód. telef.+238
Website governamentalhttp://www.governo.cv/

Mapa de Cabo Verde

Cabo Verde, oficialmente República de Cabo Verde, é um país insular localizado num arquipélago formado por dez ilhas vulcânicas na região central do Oceano Atlântico. A cerca de 570 quilómetros da costa da África Ocidental, as ilhas cobrem uma área total de pouco mais de 4.000 quilómetros quadrados.

Os exploradores portugueses descobriram e colonizaram as ilhas desabitadas no século XV, o primeiro assentamento europeu nos trópicos. Idealmente localizado para o comércio de escravos no Atlântico, o arquipélago prosperou e muitas vezes chegou a atrair corsários e piratas, entre eles Sir Francis Drake, na década de 1580. As ilhas também foram visitadas pela expedição de Charles Darwin em 1832.

O arquipélago foi ocupado e, conforme a colónia cresceu em importância entre as principais rotas de navegação entre Europa, Índia e Austrália, a população aumentou de forma constante. No momento da sua independência de Portugal, em 1975, os cabo-verdianos emigraram para todo o mundo, de tal forma que a população no século XX com mais de meio milhão de pessoas nas ilhas é igualada pela diáspora cabo-verdiana na Europa, na América e na África.

A economia cabo-verdiana é principalmente focada no crescente turismo e em investimentos estrangeiros, que se beneficiam do clima quente o ano todo, da paisagem diversificada e da riqueza cultural, especialmente na música. Historicamente, o nome "Cabo Verde" tem sido usado para se referir ao arquipélago e, desde a independência, em 1975, ao país. Em 2013, o governo local determinou que a designação em português "Cabo Verde" passaria a ser utilizado para fins oficiais, como na Organização das Nações Unidas (ONU).

Etimologia

O nome do país provém do vizinho Cabo Verde, na costa senegalesa,[7] avistado por exploradores portugueses em 1444, alguns anos antes das ilhas serem descobertas. Em 24 de outubro de 2013, foi anunciado nas Nações Unidas que o nome oficial não deve mais ser traduzido para outras línguas. Em vez de "Cabo Verde", a designação "República de Cabo Verde" está a ser usada.[8][9]