Caça
English: Hunting

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Caça (desambiguação).
Caçadores na Neve, de Pieter Bruegel. Historicamente, a caça foi diversas vezes praticada em grupos que muitas vezes viajavam para longe de suas cidades na busca da presa.

Caça é a prática de matar ou capturar animais; perseguindo, prendendo ou rastreando-os intencionalmente para tais fins. Os alvos da caça são normalmente animais selvagens, mas existem ocorrências em animais domésticos.[1][2][3] Historicamente, os seres humanos agiram como caçadores por diversos motivos, como lazer, controle de população animal(ou daquelas consideradas pestes),[4][5][6] alimentação, comércio e até defesa pessoal e de bens.

Principalmente, a caça se constituiu como uma prática usada para obter carne para consumo humano. A carne de um animal selvagem saudável (como um cervo) que viveu sua vida livremente e com uma dieta natural de plantas, geralmente tem uma qualidade nutricional maior do que a de um animal doméstico que foi criado de maneira não natural. Caçar para a alimentação também pode ser visto como uma maneira mais natural de obter proteína animal, já que a carne advinda da caça não passa pelos processos artificiais comuns à carne da criação de animais criados para o abate, especialmente em fazendas industriais.

Como já citado, a caça também pode ser um meio de controle de pragas. Os defensores da caça afirmam que a mesma pode ser um componente necessário da gestão moderna da vida selvagem,[7] por exemplo, na ajuda a manutenção de uma população de animais dentro de um habitat, quando predadores naturais estão ausentes ou tem rara ocorrência.[8] No entanto, a caça excessiva também contribuiu fortemente para a ameaça, extirpação e extinção de muitos animais.[9]

Terminologia

Em inglês, o termo hunting refere-se à caça praticada enquanto atividade legal, já poaching se refere à caça furtiva (que constitui uma atividade ilegal). Embora não exista uma definição estrita, o termo "caça" aplica-se sobretudo a perseguição e/ou morte de mamíferos, aves e répteis.[10]

O rastreamento hábil e a aquisição de um alvo fixo fizeram com que a palavra "caça" fosse usada no como uma metáfora na cultura popular, como na caça ao tesouro, na "caça às pechinchas" e até na "caça" à corrupção e ao desperdício.

Práticas relacionadas

O ato da captura seguida ou não de liberação, ou aquela para fins alimentares de peixes é chamada de pesca, que não é comumente categorizada como uma forma de caça. Também não é considerado caça o ato de perseguir animais sem a intenção de matá-los, como na atividade fotográfica de animais silvestres, observação de aves ou atividades de pesquisa científica que envolvam a tranquilização ou marcação de animais ou pássaros (Ver: Ibama). A prática de forrageamento ou coleta de materiais de plantas e cogumelos também é considerada paralela à caça.