Célula electroquímica

Demonstração de uma célula eletroquímica pela Pilha de Daniell. As duas meia-células são ligadas por uma ponte salina carregndo íons entre elas. Os elétrons fluem no circuito externo.

Uma célula eletroquímica é um dispositivo capaz de gerar energia elétrica a partir de reação química ou facilitar reações químicas através da introdução de energia elétrica. Um exemplo comum de uma célula eletroquímica é o padrão AA de 1,5 volt.[1]

A célula eletroquímica denominada pilha de Daniel foi criada em 1835 pelo químico inglês John Frederic Daniell.[2]

Referências

  1. «Electrochemical Cell». Byju's. Consultado em 10 de janeiro de 2018 
  2. «Daniell Cell». Magnet Academy. Consultado em 10 de janeiro de 2018 


Ícone de esboçoEste artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia .