Bagdá
English: Baghdad

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Bagdá (desambiguação).
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde agosto de 2015). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser acadêmico)
Bagdá • Bagdade

بغداد • Baġdād

  capital  
Baghdad collage.png
Bagdá • Bagdade está localizado em: Iraque
Bagdá • Bagdade
Localização de Bagdá no Iraque
Coordenadas33° 20' N 44° 26' E
País Iraque
ProvínciaBagdá
Fundação762 (1 257 anos)
FundadorAlmançor
Administração
- TipoPrefeitura-Conselho de Governo
- PrefeitoSaber Nabet al-Essawi
Área
- capital204,2 km²
Altitude34 m
População (2016)
 - Total8 765 000
    • Densidade auto hab./km²
 - Metrópole9 milhões
    • Densidade metro 34 280 hab./km²
Gentílicobagdali
Código postal10001 – 10090
Código de área(+964) 1
Websitewww.baghdad.gov.iq

Bagdá (pt-BR) ou Bagdade (pt) (em árabe: بغداد; transl.: Baġdād, AFI[bɐʁˈd̪ɑːd̪]; em curdo: بەغدا; transl.: Bexda) é a capital do Iraque e da província homônima. Com uma população de 7,5 milhões de habitantes, é a maior cidade do país. A sua área metropolitana conta com cerca de 9 milhões de habitantes.[1] Bagdá também é a segunda maior cidade do Sudoeste Asiático, depois de Teerã. Situa-se no centro do país, às margens do rio Tigre, e sua história remonta pelo menos ao século VIII, com possíveis origens pré-islâmicas. Antigo centro do mundo islâmico, Bagdá atualmente está no centro de conflitos violentos, desde 2003, devido à Guerra do Iraque.

Origem do nome

Embora não se dispute a sua origem iraniana,[2] existem diversas propostas sobre qual seria a sua etimologia. Uma das mais amplamente aceitas dentre elas é a de que o nome seria um composto linguístico do persa médio, de Bag, "deus", e dād, "dado", que pode ser traduzido por "dado-por-Deus" ou "presente de Deus", a exemplo do persa moderno Baɣdād. O nome é pré-islâmico, e suas origens não são conhecidas, mas seguramente remontam aos antigos povoados da região, que não tinham poder comercial ou político.[3] Mansur al-Hallaj chamou a cidade de Madinat as-Salam, ou "Cidade da Paz", como referência ao paraíso;[4] este foi por vezes o nome oficial da cidade, em impressões oficiais como moedas.