Anglos
English: Angles

O Império Romano de Adriano (117-138), mostrando a localização dos anglos, que então habitavam a península da Jutlândia (atual Dinamarca)
Possível localização dos Jutos e dos Anglos, na península da Jutlândia

Anglos (em latim: Anglii) é um termo moderno que se refere a um povo germânico cujo nome deriva da antiga região de Ânglia, que atualmente é um distrito localizado em Eslésvico-Holsácia, Alemanha. Os anglos foram um dos maiores grupos que se fixaram na Britânia após a queda de Roma, fundando vários dos reinos da Inglaterra anglo-saxã e instalando-se na Ânglia Oriental, Mércia e na Nortúmbria no século V. Seu nome deu origem ao nome "Inglaterra".

Etimologia

O nome dos anglos (em alemão: Angeln , "peixe"; em inglês: englas; em latim: anglus (singular) ou anglii (plural)) foi primeiramente registrado em latim (anglii) no livro Germânia de Tácito. O nome é derivado de um topônimo da antiga palavra alemã "anguz", ("eng" no atual alemão) que significa "estreito" ou "angular" (devido ao diminuto formato da península da Ânglia, dentro da península da Jutlândia). O papa Gregório, em uma epístola, simplificou a palavra anglii para angli, que se tornou a forma preferida da palavra. O país continuou se chamando Anglia em latim. Na tradução da obra do historiador Paulo Orósio pelo rei da Inglaterra Alfredo, ele usa Anglecynn (-kin) para falar sobre a Inglaterra e os ingleses, já Beda, usa Anglefolc (-folk). Há também formas como Engel, Englan (população), Englaland e Englilisc, todas apresentam variações de vogais.

A Britânia meridional e oriental foi posteriormente chamada de Engla-lond ("terra dos anglos", em inglês antigo), e mais tarde England, o termo em inglês para Inglaterra.