Afonso, Príncipe de Portugal (1475–1491)

Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde dezembro de 2015). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para outro significado de Afonso de Portugal, veja Afonso de Portugal.
Dom Afonso
Príncipe Herdeiro de Portugal
Morte do Príncipe D. Afonso, autor desconhecido
CônjugeD. Isabel de Aragão
CasaAvis
Nascimento18 de maio de 1475
 Lisboa, Portugal
Morte13 de julho de 1491 (16 anos)
 Santarém
EnterroMosteiro da Batalha
PaiD. João II de Portugal
MãeD. Leonor de Viseu

Afonso de Portugal (Lisboa, 18 de maio de 1475[1]Santarém, 13 de julho de 1491) era o único filho e herdeiro de D. João II e de D. Leonor, reis de Portugal. O rei tanto adorava este seu filho que, em sua homenagem, baptizou de "Príncipe" a ilha mais pequena do arquipélago de São Tomé e Príncipe.

Biografia

Ainda em criança, D. Afonso casou com a princesa Isabel de Aragão, filha mais velha dos reis católicos. Isabel I de Castela e Fernando II de Aragão tinham um herdeiro, Juan, que era um jovem frágil e que viria a falecer com dezenove anos de idade. A princesa Isabel seria, portanto, a herdeira mais provável das coroas de Castela e Aragão e, como estava casada com o Príncipe herdeiro de Portugal, adivinhava-se uma união dos reinos ibéricos sob a alçada de Portugal. Afonso morreu de uma queda de cavalo durante um passeio, em Alfange, Santarém, à beira do Tejo. Segundo Bernardo Rodrigues, em os Anais de Arzila, o seu aio era João de Meneses, conde de Cantanhede, e esse acontecimento terá ocasionado nesta personagem um grande traumatismo :

Depois da morte de D. Afonso, D. João II nomeou como sucessor o Duque de Beja, seu primo, que viria a governar como D. Manuel I de Portugal quem casou depois com Isabel, a viúva do infante Afonso.